Páginas

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Bandido com ética.

video



O crime em si já é uma barbaridade. O meliante bandido depois de CONFESSAR ter matado a vítima nunca deveria ter voltado pra casa. Mas realmente o absurdo da questão reside nas declarações de outra categoria de bandido: o advogado. O criminoso que se entregou levou 14 anos de cadeia, o comparsa levou 20 anos (julgamento só em 2012 enquanto o crime foi em 2011), mas quantos anos de cadeia merecia o infeliz do advogado?

E como respeitar uma OAB que não manda caçar (ou no mínimo suspender) a licença de um indivíduo desse. Será que se o jovem tivesse matado a mãe dele, ou filho(a) ele acharia seu cliente tão ético e profissional?

Nenhum comentário:

Postar um comentário