Páginas

domingo, 11 de dezembro de 2011

Megacomercial!



Exageradamente cinematográfico. 
Mas maneiro!

Um futuro distante (?)


Vídeo impressionante. Mais ainda do que o vídeo que postamos aqui "Mundo de Vidro". É longo, mas não cansa. Repare apenas numa coisa. Quando o vídeo termina, você olha para seu computador, seu telefone e acha que vive na idade da pedra. As coisas parecem muito simples nesse vídeo da Microsoft.

Veículos movidos a magnetismo!


Mais um post que não tenho a vergonha de admitir que pode ser fake. Também tive minhas dúvidas quanto ao post do manual de como fazer sexo do Edir Macedo mas esse aqui não é para fazer graça não. É algo extremamente bombástico e polêmico. 

Cinética através do magnetismo. Imagine um mundo onde automóveis de todos os gêneros funcionam sem necessidade de energia. Não há mais a necessidade de nenhum tipo de combustível, e nem de baterias (nos veículos elétricos, tidos como o futuro da economia e da sustentabilidade). Logo não haverá a emissão de poluentes, o que vai significar trânsito limpo e ecológico e socialmente sustentável. Não vamos resumir isso a automóveis não. Isso pode estar presente em bombas e usinas de alimentação elétrica. Ou seja, se não sou tão ignorante assim, para quê alagar milhares de hectares para fazer girar os mecanismos de hidroelétricas quando o magnetismo pode fazê-lo com impacto ecológico zero! 

Motores podem ser desenvolvidos para atuar em fábricas, indústrias e tudo que necessita de energia cinética e que atualmente consome energia elétrica. Vai muito além de interesses de petrolíferas. O petróleo ainda seria necessário para milhares de outras funções.

Porque as minhas suspeitas de isto ser fake? Simplesmente pelo fato de isso não ter sido matéria principal do fantástico. Não figurar as manchetes de jornal e não ser presença constante em revistas de automóveis. Será que a conspiração dos produtores de petróleo é tão vasta e poderosa a tal ponto de calar tudo e todos, exceto pela intocável internet?

Agora se isso é verdade me pergunto porque gastar rios de dinheiro com convenções, palestras, tratados de Kyoto e outros blá blá blás quando toda a atenção, dinheiro e intelectualidade tinha que estar apontada para essa maravilha.

Pare pra pensar e veja que isso é tão revolucionário e importante quanto a vacina contra o Câncer!

Estou errado?

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dois bebês conversando!


- E aí, véio?
- Beleza, cara?
- Ah, mais ou menos. Ando meio chateado com algumas coisas.
- Quer conversar sobre isso?
- É a minha mãe. Sei lá, ela anda falando umas coisas estranhas, me botando um terror, sabe?
- Como assim?
- Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém?
- Nunca.
- Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça?
E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou adotado, cara?
- Como assim, véio?
- Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode!
- Calma, maninho. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas.
- Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe.
- Tipo o quê?
- Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano!
- Caramba! Mas por que ela fez isso?
- Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato não morreu.
- Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara.
- E sabe a Francisca ali da esquina?
- A Dona Chica? Sei sim.
- Parece que ela tava junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, admirada vendo o gato berrar de dor.
- Putz grila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa que não dá pra entender.
- Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe mesmo... Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse feliz por ter feito essa selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela não gosta muito de mim. Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta. Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora.
- Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho.
- Mas é ruim saber que o casamento deles não está dando certo... Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de 'Anjo'. E ela disse que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele passar desfilando e tal.
- Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.
- É. só sei que tô cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo, ela disse que a vizinha cria perereca na gaiola... já viu...essa rua só tem doido...
- Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?
- Putz, é mesmo! Tô ferrado de qualquer jeito...


sábado, 3 de dezembro de 2011

PitacoMarketing

Pitaco também é Marketing...


AS DUAS PULGAS

Duas pulgas estavam conversando e então uma comentou com a outra:
- Sabe qual é o nosso problema? Nós não voamos, só sabemos saltar. Daí nossa chance de sobrevivência quando somos percebidas pelo cachorro é zero.
É por isso que existem muito mais moscas do que pulgas.
Elas então contrataram uma mosca como consultora e entraram num programa de reengenharia de vôo e saíram voando.
Passado algum tempo, a primeira pulga falou para a outra: - Quer saber?
Voar não é o suficiente, porque ficamos grudadas ao corpo do cachorro e nosso tempo de reação é bem menor do que a velocidade da coçada dele.
Temos de aprender a fazer como as abelhas, que sugam o néctar e levantam vôo rapidamente.
Elas então contrataram o serviço de consultoria de uma abelha, que lhes ensinou a técnica do chega-suga-voa. Funcionou, mas não resolveu...
A primeira pulga explicou por quê: - Nossa bolsa para armazenar sangue é pequena, por isso temos de ficar muito tempo sugando. Escapar, a gente até escapa, mas não estamos nos alimentando direito. Temos de aprender como os pernilongos fazem para se alimentar com aquela rapidez.
E então um pernilongo lhes prestou uma consultoria para incrementar o tamanho do abdômen. Resolvido, mas por poucos minutos...
Como tinham ficado maiores, a aproximação delas era facilmente percebida pelo cachorro, e elas eram espantadas antes mesmo de pousar.
Foi aí que encontraram uma saltitante pulguinha, que lhes perguntou:
- Ué, vocês estão enormes! Fizeram plástica?
- Não, reengenharia. Agora somos pulgas adaptadas aos desafios do século XXI. Voamos, picamos e podemos armazenar mais alimento.
- E por que é que estão com cara de famintas?
- Isso é temporário. Já estamos fazendo consultoria com um morcego, que vai nos ensinar a técnica do radar. E você?
- Ah, eu vou bem, obrigada. Forte e sadia.
Mas as pulgonas não quiseram dar a pata a torcer, e perguntaram à pulguinha: - Mas você não está preocupada com o futuro? Não pensou em uma reengenharia?
- Quem disse que não? Contratei uma lesma como consultora.
- Mas o que as lesmas têm a ver com pulgas. Quiseram saber as pulgonas...
- Tudo. Eu tinha o mesmo problema que vocês duas. Mas, em vez de dizer para a lesma o que eu queria, deixei que ela avaliasse a situação e me sugerissea melhor solução. E ela passou três dias ali, quietinha, só observando ocachorro e então ela me disse: "Não mude nada. Apenas sente na nuca docachorro. É o único lugar que a pata dele não alcança"..

MORAL
Você não precisa de uma reengenharia radical para ser mais eficiente.
Muitas vezes, a GRANDE MUDANÇA é uma simples questão de reposicionamento.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

A idéia é essa!

Vale a pena transcrever só pela idéia que essa frase passa, independente se foi o Eminem mesmo quem criou ou não:

"Eu não me importo se você é branco, negro, hétero, bissexual, gay, lésbica, baixo, alto, gordo, magro, rico ou pobre. Se você for gentil comigo, eu serei gentil contigo, simples assim!"

Eminem

sábado, 19 de novembro de 2011

Quem disse que animais são insensíveis?

Uma andorinha voava baixo demais numa rua movimentada e foi pega por um carro ficando fatalmente ferida...


Seu companheiro traz comida para ela e é atendido com amor e compaixão...


Ele traz comida novamente mas fica chocado ao encontrá-la morta. Tenta movê-la num esforço nunca visto antes por andorinhas...


Mas percebe que ela está morta e nunca mais vai voltar para ele... Chora tristemente a perda do seu amor...


Permaneceu ao lado dela tristemente em sua morte...


Finalmente percebendo que ela não voltaria mais, permaneceu ao lado do seu corpo com tristeza...


Milhões de pessoas choraram depois de ver estas fotos . 
Dizem que o fotografo vendeu estas fotos por um valor nominal ao mais famoso jornal da França; 
Todas as cópias do jornal foram vendidas no dia em que estas fotos foram publicadas. 

E muitas pessoas pensam que os animais não tem cérebro ou sentimentos!! 



sexta-feira, 18 de novembro de 2011

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A vida num piscar de olhos!


Um vídeo muito interessante que mostra o passar do tempo para uma mulher. Ilustra bem aquela expressão "Minha vida inteira passou diante dos meus olhos". Vale a pena assistir pelos efeitos especiais. Vale a pena assistir pela mensagem. Vale a pena assistir pela reflexão.

Eu pelo menos vi nesse vídeo como nossa vida é efêmera. Quando somos jovens não enxergamos essas coisas porque tudo é novo e queremos o mundo pra ontem. Quando você se dá conta pela primeira vez de que não fez coisas e que não há mais tempo para fazer, aí já é tarde demais.

Cuidado! Só não reflita muito e fique deprimido. Se você tem 100 anos de idade, ainda tem muito pela frente!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Exemplo de vida!



Longa ausência no Pitaco. Sei disso! Desculpas a todos. Surpreendentemente a ausência nada tem a ver com compromissos, viagens ou saúde. Simplesmente não havia o que escrever ou colocar no Pitaco, e quem conhece sabe, aqui só entra Pitacos com tesão!

Se você não entendeu, vai entender se assistir esse vídeo. Já faz algum tempo que considero o Fantástico merecedor de alguns elogios. Apesar de pertencer a mesma emissora que nos brinda com Faustão e BBB, ao menos esse programa está provando que tudo é passível de melhora, basta querer. Esse domingo (hoje) foi recheados de boas matérias. A matéria da prisão do traficante NEM, mega pop star substituto do Beira-Mar (no que diz respeito a celebridades do crime superexpostas); o quadro sobre o cigarro do Doutor Carandiru; os bastidores da mais nova vergonha paulistana, os mimadinhos delinquentes destruidores de reputação dos movimentos estudantis, os maconheiros da USP; e finalmente esse ótimo depoimento de Amyr Klink.

O quadro em si é muito interessante, quando o convidado é interessante, óbvio (o que não é o caso da Suzana Vieira por exemplo). Esse aventureiro tupiniquim (embora ele admita no programa que não é fã de aventuras) merece sinceramente figurar na galeria de célebres e históricos personagens da história brasileira. Por falar em galeria, a minha galeria de sonhos agora vai ter também o desejo de um dia sentar com um cara desses e bater um papo. Ou melhor, só ouvir!

Se ele reprisar o que disse aí já vai estar de bom tamanho. Não vou fazer sinopse porque vale a pena assistir mesmo, mas atente-se a fala do Sr. Klink quando ele revela que a felicidade está nas pequenas coisas e que todo ser humano necessita de um desafio, aventura ou assemelhados.

Graças a sujeitos assim eu acordo mais feliz de ser brasileiro.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Caixas de Leite protegem do frio no Paraná


Todos sabemos como a habitação no Brasil nas áreas de comunidades humildes é algo preocupante. Tragédias como a ocorrida na região serrana do Rio de Janeiro expuseram a fragilidade dessas famílias. Apesar de ter sido danoso para todos, os mais pobres foram o que mais sofreram (e continuam até hoje). Num tom menos catastrófico, a reportagem acima trata do frio que maltrata os moradores de Passo Fundo no Paraná. Em casas de madeira, as frestas impedem a entrada do sol, mas não impedem uma corrente gelada que prejudica os moradores, principalmente as crianças.

Como nunca vale a pena esperar a ajuda da UNESCO (e afins), os políticos estão ocupados batizando ruas, escolhendo carros de luxo para o dinheiro público pagar ou batendo em bombeiros e professores, cabe a população e cidadãos notáveis atribuir soluções que deveriam se dadas por quem votamos para fazê-lo. A senhora da matéria além de promover a sustentabilidade, também arrumou um jeito de ajudar o próximo de carona. Merecedora de um prêmio, ela descobriu como simples caixinhas de leite podem impedir doenças e melhorar a qualidade de vida dos mais necessitados. Imagina o que essa senhora poderia fazer com meia verba de gabinete de um Deputado.

Pessoalmente só não sei se grudar as caixas com grampeador é uma boa idéia. Acho que deve envelhecer e soltar com mais facilidade. Mas aí também cabe aos próprios beneficiários arrumarem um jeito de perpetuar a medida.

O que também não entendo é como uma fábrica de leite não toma conhecimento de uma ação dessa e promove uma promoção sustentável incentivando o recolhimento dessas caixas vazias e ela  mesma confeccionando esse "papel de parede" protetor e sustentável nas comunidades. Deixam passar essa oportunidade de ouro de melhorar sua imagem, ganhar com essa visibilidade positiva e ainda por cima ajudar a população. É realmente dar muito mole!




domingo, 6 de novembro de 2011

Definição de filho!

"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de Como amar alguém além de nós mesmos, além de Como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de Aprender a ter coragem. Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo". 
(José Saramago)

Pra inglês ver? Ou brasileiro mesmo?


INTERESSANTE E GERA REFLEXÃO:

Somos o único (SIM, O ÚNICO), país do mundo, que fabrica carros 1.0.
Somos o único país do mundo, que fabrica carros com rodas Aro 14, sem direção hidráulica.
Somos o Único País Tropical do mundo, que fabrica carros sem Ar Condicionado.
Somos o único país do mundo, que ainda tem carros saindo de fábrica sem AIRBAG e Freios ABS!
Somos o único país do mundo que tem investimento 0 (eu disse 0) para carros movidos a energia elétrica!
Somos o único país do mundo que ainda tem como padrão o cambio manual (afinal, conforto de cambio automático é coisa de rico... meu Deus, quanta ignorância).
Somos o único país do mundo, em que um Celta custa o mesmo que um Honda City nos EUA ou México!
Somos o único país do mundo, em que um Gol G5 (com volante torto) custa a mesma coisa que um Civic nos EUA ou na Europa!

As montadoras culpam demasiadamente o governo pelos altos impostos (que de fato são altos), porém, elas mesmas sustentam um cartel monstruoso, que visa ter o maior lucro do planeta! Sim, o maior lucro da Volkswagen no mundo está aqui!   Ford, Fiat e GM idem! E o pior, oferecendo carros de baixíssima qualidade! Portanto, agora que você, consumidor, já sabe da realidade, faça um pacto com seu colega de trabalho, deixe de impressionar seu vizinho, e de ser aparecido com carro 1.0, e passe 1 ano sem trocar de carro! Precisamos de apenas 1 ano (sim 1 ano, passa rápido), para mudar o jogo!... Estas medidas sim, fazem um país mudar! Ou você acha que os americanos, japoneses e alemães andam de carro 1.0, sem direção elétrica/hidráulica e ar condicionado? A GM que tente vender um Celta nos EUA.... seria o fim da marca!

Recebi os dados acima por e-mail e achei legal postar aqui no Pitaco. Vale a pena ressaltar que não apurei nada e não sei até que ponto isso não é lobby de venda de carro usado, mas preciso acrescentar o seguinte:

Um cliente meu de Portugal confidenciou-me que TODAS as máquinas beirando a obsolência, prestes a estragar nas montadoras da Europa (Volks, Ford, GM, Fiat entre outras) são reformadas e enviadas ao Brasil. Por isso que um carro popular na Europa além de infinitamente mais barato, roda perto de 200 mil Km sem apresentar problemas, tendo apenas que fazer a manutenção básica (pastilha de freio, correia, pneu entre outras coisas de gasto normal). Já aqui no Brasil todos sabemos que quando seu carro chegou aos 50 mil já é hora de trocar. Isso não é boato em necessita de apuração, e acredito que o português não tinha motivos para mentir nem tirar onda.

O objetivo do e-mail era promover a campanha dos brasileiros passarem 1 ano sem comprar carro zero. De acordo com o idealizador isso iria causar um prejuízo tão grande às montadoras que iriam começar a nos tratar com mais respeito.

Particularmente? Só postei aqui para promover o conhecimento coletivo dos fatos mesmo. A internet é uma poderosa ferramenta, mas só transforma em viral o que a grande mãe mídia permite.




sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Surf Adventures!



Mesmo não sendo entusiasta do surf (definitivamente não tenho o biotipo nem o vocabulário para ser surfista), o Pitaco sempre abre espaço para o que é belo, inovador e exalta o Brasil, e o vídeo acima é tudo isso e mais um pouco. Um misto de belíssimas imagens, filmado na mais alta tecnologia de qualidade de imagens além dos toques 3D, tudo isso abençoado no estado de nosso Cristo Redentor. Vale a pena pra quem gosta ou não gosta de surf.

Contribuição facebook do formidável Rodrigo Saleh.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Se correr o bicho pega, se ficar...


Esse vídeo serve para corroborar o que já venho lamentando há muito tempo. Há políticos que cospem na nossa cara. E a coisa não se resume a palhaços eleitos por paulistas não, o abuso não conhece fronteiras geográficas. 

Esse vídeo reproduz uma entrevista concedida por ninguém mais ninguém menos que o Presidente da Câmara de Vereadores de Vila Velha - ES. Vejam o vocabulário refinado do sujeito. Da mesma forma que no exterior acham que o Brasil é selva e a capital é Buenos Aires, mantendo a proporção, por isso que ninguém no Brasil conhece ou sabe que o Espírito Santo existe, por causa de despreparados, desqualificados e desnutridos como esse senhor. Não tem uma postura mínima para ocupar o cargo, e muito menos capacidade de justificar o injustificável.

O vídeo é longo mas vale a pena assistir. O jornalista Mario Bonella castiga o sujeito sem dó nem piedade. E olha que a TV Gazeta é sucursal da Globo no estado. Tinham que promover esse cara pro fantástico e criar um quadro inspirado no CQC promovendo uma sabatina em Brasília todo domingo, no estilo do vídeo acima.

Só não sei o que é mais surreal. O vereador se propor a ir ao programa (quando podia inventar uma desculpa e simplesmente recusar) ou ele ir, pagar esse mico e tal absurdo não ter repercussão nenhuma, mais uma vez não dando em nada.

Excelente contribuição da nossa leitora vip Mariana Taquete.

Curiosidades!


Pitaco também é cultura. Você conhece as expressões abaixo, mas agora vai ficar sabendo o porquê!

Calcanhar de Aquiles
De acordo com a mitologia grega, Tétis, mãe de Aquiles, a fim de tornar seu Filho indestrutível, mergulhou-o num lago mágico, segurando-o pelo calcanhar. Na Guerra de Tróia, Aquiles foi atingido na única parte de seu corpo que não tinha proteção: o calcanhar. Portanto, o ponto fraco de uma pessoa é conhecido como calcanhar de Aquiles.

Voto de Minerva
Orestes, filho de Clitemnestra, foi acusado pelo assassinato da mãe. No julgamento, houve empate entre os acusados. Coube à deusa Minerva o voto decisivo, que foi em favor do réu. Voto de Minerva é, portanto, o voto decisivo.

Casa da Mãe Joana
Na época do Brasil Império, mais especificamente durante a minoridade do Dom Pedro II, os homens que realmente mandavam no país costumavam se encontrar num prostíbulo do Rio de Janeiro, cuja proprietária se chamava Joana. Como esses homens mandavam e desmandavam no país, a frase  "casa da mãe Joana" ficou conhecida como sinônimo de lugar em que ninguém manda.

Vá se Queixar ao Bispo
Durante o Brasil Colônia, a fertilidade de uma mulher era atributo fundamental para o casamento, afinal, a ordem era povoar as novas terras conquistadas. A Igreja permitia que, antes do casamento, os noivos
mantivessem relações sexuais, única maneira de o rapaz descobrir se a moça era fértil. E adivinha o que acontecia na maioria das vezes? O noivo fugia depois da relação para não ter que se casar. A mocinha, desolada, ia se queixar ao bispo, que mandava homens para capturar o tal espertinho.

Conto do Vigário
Duas igrejas de Ouro Preto receberam uma imagem de santa como presente. Para decidir qual das duas ficaria com a escultura, os vigários contariam com a ajuda de Deus, ou melhor, de um burro. O negócio era o seguinte: colocaram o burro entre as duas paróquias e o animalzinho teria que
caminhar até uma delas. A escolhida pelo quadrúpede ficaria com a santa. E foi isso que aconteceu, só que, mais tarde, descobriram que um dos vigários havia treinado o burro. Desse modo, conto do vigário passou a ser  sinônimo de falcatrua e malandragem.

Ficar a Ver Navios
Dom Sebastião, rei de Portugal, havia morrido na batalha de Alcácer-Quibir, mas seu corpo nunca foi encontrado. Por esse motivo, o povo português se recusava a acreditar na morte do monarca. Era comum as pessoas visitarem o Alto de Santa Catarina, em Lisboa, para esperar pelo rei. Como ele não voltou, o povo ficava a ver navios.

Não Entendo Patavinas
Os portugueses encontravam uma enorme dificuldade de entender o que falavam os frades italianos patavinos, originários de Pádua, ou Padova, sendo assim, não entender patavina significa não entender nada. 

Dourar a Pílula
Antigamente as farmácias embrulhavam as pílulas em papel dourado, para melhorar o aspecto do remedinho amargo. A expressão dourar a pílula, significa melhorar a aparência de algo.

Chegar de Mãos Abanando
Há muito tempo, aqui no Brasil, era comum exigir que os imigrantes que chegassem para trabalhar nas terras trouxessem suas próprias ferramentas. Caso viessem de mãos vazias, era sinal de que não estavam dispostos ao trabalho. Portanto, chegar de mãos abanando é não carregar nada.

Sem Eira Nem Beira
Os telhados de antigamente possuíam eira e beira, detalhes que conferiam status ao dono do imóvel. Possuir eira e beira era sinal de riqueza e de cultura. Não ter eira nem beira significa que a pessoa é pobre, está sem
grana.

Abraço de Tamanduá
Para capturar sua presa, o tamanduá se deita de barriga para cima e abraça seu inimigo. O desafeto é então esmagado pela força. Abraço de tamanduá é sinônimo de deslealdade, traição.

O Canto do Cisne
Dizia-se que o cisne emitia um belíssimo canto pouco antes de morrer. A expressão canto do cisne representa as últimas realizações de alguém.

Estômago de Avestruz
Define aquele que come de tudo. O estômago do avestruz é dotado de um suco gástrico capaz de dissolver até metais.

Lágrimas de Crocodilo
É uma expressão usada para se referir ao choro fingido. O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca,  comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima.

Memória de Elefante
O elefante lembra de tudo aquilo que aprende, por isso é uma das principais atrações do circo. Diz-se que as pessoas que se recordam de tudo tem memória de elefante.

Olhos de Lince
Ter olhos de lince significa enxergar longe, uma vez que esses bichos têm a visão apuradíssima. Os antigos acreditavam que o lince podia ver através das paredes.

Feito Nas Coxas
As primeiras telhas dos telhados nas casas aqui no Brasil eram feitas de Argila, que eram moldadas nas coxas dos escravos que vieram da Africa. Como os escravos variavam de tamanho e porte fisico, as telhas ficavam todas desiguais devido aos diferentes tipos de coxas. Daí a expressao:  fazendo nas coxas, ou seja, de qualquer jeito.

Emagreça dando risada.



Excelente peça publicitária da Contrex, marca de água mineral francesa e faz parte da sua nova campanha "Emagreça dando risada".

Com uma mensagem bastante sincera, ela mostrou que só se emagrece fazendo muito esforço, e porque não se divertindo.

Não vou estragar a surpresa contando muitos detalhes, vale a pena assistir.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cães Raivosos da ignorância!


Tive que reproduzir o texto abaixo. Nem recomendar o Link era o suficiente, de tão claro e forte é o texto. 
O Colunista tem TOTAL razão no que diz e realmente muita gente de internet deveria se envergonhar.

Mas tem um detalhe. Sou honesto comigo mesmo o suficiente para saber que se o caso acontecesse com Fernando Henrique Cardoso, talvez eu seria um dos que encabeçariam uma campanha para que ele fosse se cuidar do SUS esquecendo completamente o ser humano por trás do político. Esse foi meu pitaco sincero!

Folha.com
30/10/2011 - 11h09
O câncer de Lula me envergonhou
DE SÃO PAULO

Senti um misto de vergonha e enjoo ao receber centenas de comentários de leitores para a minha coluna sobre o câncer de Lula. Fossem apenas algumas dezenas, não me daria o trabalho de comentar. O fato é que foi uma enxurrada de ataques desrespeitosos, desumanos, raivosos, mostrando prazer com a tragédia de um ser humano. Pode sinalizar algo mais profundo.

Centenas de e-mails pediam que Lula não se tratasse num hospital de elite, mas no SUS para supostamente mostrar solidariedade com os mais pobres. É de uma tolice sem tamanho. O que provoca tanto ódio de uma minoria?

Lula teve muitos problemas --e merece ser criticado por muitas coisas, a começar por uma conivência com a corrupção. Mas não foi um ditador, manteve as regras democráticas e a economia crescendo, investiu como nunca no social.

No caso de seu câncer, tratou a doença com extrema transparência e altivez. É um caso, portanto, em que todos deveriam se sentir incomodados com a tragédia alheia.

Minha suspeita é que a interatividade democrática da internet é, de um lado, um avanço do jornalismo, e, de outro, uma porta direta para o esgoto do ressentimento e da ignorância.

Isso significa que um dos nossos papéis como jornalistas é educar os e-leitores a se comportar com um mínimo de decência.

Gilberto Dimenstein, 54, integra o Conselho Editorial da Folha e vive nos Estados Unidos, onde foi convidado para desenvolver em Harvard projeto de comunicação para a cidadania.

sábado, 29 de outubro de 2011

Darth Vader Troll


Darth Vader zoando com a cara do maluco! Impossível não rir.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Um pouco de verdade!



Assalto ao Banco!


Assalto ao Banco - Luís Fernando Veríssimo


__Alô? Quem tá falando?
— Aqui é o ladrão.

— Desculpe, a telefonista deve ter se enganado, eu não queria falar com o dono do banco. Tem algum funcionário aí?

— Não, os funcionário tá tudo refém.

— Há, eu entendo. Afinal, eles trabalham quatorze horas por dia, ganham um salário ridículo, vivem levando esporro, mas não pedem demissão porque não encontram outro emprego, né? Vida difícil... mas será que eu não poderia dar uma palavrinha com um deles?

— Impossível. Eles tá tudo amordaçado.

— Foi o que pensei. Gestão moderna, né? Se fizerem qualquer crítica, vão pro olho da rua. Não haverá, então, algum chefe por aí?

— Claro que não mermão. Quanta ignorância! O chefe tá na cadeia, que é o lugar mais seguro pra se comandar assalto!

— Bom... Sabe o que que é? Eu tenho uma conta...


— Tamo levando tudo, ô bacana. O saldo da tua conta é zero!


— Não, isso eu já sabia. Eu sou professor! O que eu queria mesmo era uma informação sobre juro.


— Companheiro, eu sou um ladrão pé-de-chinelo. Meu negócio é pequeno. Assalto a banco, vez ou outra um seqüestro. Pra saber de juro é melhor tu ligá pra Brasília.

— Sei, sei. O senhor ta na informalidade, né? Também, com o preço que tão cobrando por um voto hoje em dia... mas, será que não podia fazer um favor pra mim? É que eu atrasei o pagamento do cartão e queria saber quanto vou pagar de taxa.


— Tu tá pensando que eu tô brincando? Isso é um assalto!

— Longe de mim pensar que o senhor está de brincadeira! Que é um assalto eu sei perfeitamente; ninguém no mundo cobra os juros que cobram no Brasil. Mas queria saber o número preciso: seis por cento, sete por cento?


— Eu acho que tu não tá entendendo, ô mané. Sou assaltante. Trabalho na base da intimidação e da chantagem, saca?

— Ah, já tava esperando. Você vai querer vender um seguro de vida ou um título de capitalização, né?


— Não...já falei...eu sou... Peraí bacana... hoje eu tô bonzinho e vou quebrar o teu galho.

(um minuto depois)

— Alô? O sujeito aqui tá dizendo que é oito por cento ao mês.

— Puxa, que incrível!


— Incrive pur que? Tu achava que era menos?


— Não, achava que era mais ou menos isso mesmo. Tô impressionado é que, pela primeira vez na vida, eu consegui obter uma informação de uma empresa prestadora de serviço pelo telefone em menos de meia hora e sem ouvir aquela musiquinha 'Pour Elise'.


— Quer saber? Fui com a tua cara. Acabei de dar umas bordoadas no gerente e ele falou que vai te dar um desconto. Só vai te cobrar quatro por cento, tá ligado?


— Não acredito! E eu não vou ter que comprar nenhum produto do banco?

— Nadica de nada, já ta tudo acertado!


— Muito obrigado, meu senhor. Nunca fui tratado dessa...

(De repente, ouvem-se tiros, gritos)


— Ih, sujou! Puliça!


— Polícia? Que polícia? Alô? Alô?

(sinal de ocupado)


— Droga! Maldito Estado: quando o negócio começa a funcionar, entra o Governo e estraga tudo!


(Luís Fernando Veríssimo)

Em homenagem ao ENEM dessa semana!


Prova do Curso de Química, foi perguntado: 
-Qual a diferença entre SOLUÇÃO e DISSOLUÇÃO? 
Resposta de um aluno: 
- Colocar UM dos POLÍTICOS BRASILEIROS num TANQUE DE ÁCIDO para que DISSOLVA é uma DISSOLUÇÃO. Colocar TODOS é uma SOLUÇÃO!*

*E completou:  
"Se Liofilizar, teremos o mais puro Extrato de Pó de Merda do mundo"

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Nesse natal: Peru recheado de Coca!


Vídeo enviado por Lucio Amaral onde traficantes transportam cocaína dentro de perus vivos! Deve ser campanha de natal!

Os perus e os protetores de animais tinham que ficar felizes, podia ser pior. Podiam estar contrabandeando cd's do Luan Santana!

Agora uma coisa é certa, para a polícia pegar, só com X9. Como que os cães farejadores pegam um negócio desse?

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Nossos bonecos nos adoram!


Vídeo muito legal onde personagens de jogos do Playstation 3 se encontram num bar para agradecer ao Michael (jogador que os salvaram tantas vezes).



segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Lei Seca X Twitter!

Acho que é a primeira vez no Pitaco Público que vou escrever sobre um tema onde literalmente não sei o que pensar! Blitzes de Lei Seca versus Twitter!

De um lado do ringue temos um programa aparentemente responsável e bem intencionado do Governo que prevê inibir os motoristas que dirigem embriagados se colocando e colocando os outros em risco. Até hoje, pelo menos eu, nunca ouvi falar de propina ou carteirada nas blitzes da Lei Seca. Não que de uma hora para outra nossos amigos de farda resolveram seguir a doutrina da honestidade, mas na verdade é porque todas as ações são filmadas e arquivadas. Daí acho que vem o medo e o lobby para as viaturas policias insistirem em não cumprir a justiça e não vir com câmeras instaladas. Mas isso é outro Pitaco.

Do outro lado temos cidadãos descontentes e discordantes de tal medida e que muito inteligentemente aproveitaram-se da tecnologia e criaram um twitter que compartilha informações acerca da localização das blitzes da lei seca. Vale a pena ressaltar que da sua criação até hoje, o serviço também incluiu no seu portfolio avisar sobre deslizamentos, chuvas, engarrafamentos, arrastões, veículos roubados e outras informações sempre importantes para quem está no trânsito, e que foi merecedor de uma honraria ano passado naquele período trevas das chuvas no Rio de Janeiro.

Sou a favor da Lei Seca. As estatísticas comprovam a queda nos acidentes provocados por excesso de bebida. A não corrupção também conquistou minha simpatia, e mostra que quando querem, conseguem fazer a coisa direito. O principal fator que me leva a ser partidário da Lei Seca é que não estou afim de esperar acontecer uma desgraça comigo ou com alguém que gosto para virar adepto. A Lei Seca também me deixou disciplinado, graças ao meu cagaço de ser fichado na polícia. Pois me conheço, não sou irresponsável de dirigir completamente embriagado, mas tinha confiança de dirigir tendo bebido alguma coisa, e sabemos que mesmo depois de pouca bebida, nossos reflexos ficam alterados, mas o excesso de confiança infelizmente não...

Mas sou a favor também do Twitter da Lei Seca. As pessoas tem direito ao livre arbítrio, a defender suas convicções e de boicotar e denegrir tais ações do governo. Os motivos, citarei abaixo quando falar o que sou contra nesse programa do governo. Mas também sou a favor deles porque o limite de bebida permitida chega a beirar o ridículo. Uma tulipa de chopp ou um copo pequeno de uma bebida quente é o suficiente para arrancar de você a virgindade criminal (você não será mais réu primário) e dar um prejuízo de mais de R$ 900. Eu sou defensor de aumentar esse limite para algo dentro do bom senso. Além disso, as pessoas são diferentes uma das outras no que diz respeito a resistência a bebida. A quantidade de bebida suficiente para embriagar o Jô Soares é muito diferente da quantidade para embriagar o Pedro Cardoso (Agostinho da Grande Família) por exemplo. A mesma coisa acontece com a embriagues de um jovem e a embriagues de uma pessoa de maior idade. Isso torna a lei injusta.

Só que sou contra a Lei Seca também. Por um simples motivo. Seria só a favor se eu houvesse PLENA, reiterando: PLENA certeza de que os recursos angariados das multas da Lei Seca são direcionados para uma politica do bem. Investimento em hospital, escola ou até mesmo nas estradas. Mas você anda em estradas esburacadas, mau sinalizadas, corre o risco de se acidentar (tanto quanto dirigir embriagado) e o máximo que o governo faz é colocar mais pedágio e radar. Além disso pudemos ver nas últimas eleições como a Lei Seca foi moeda de voto. O que não faltou foi político se elegendo porque teve alguma coisa a ver com o projeto. Só de autor, acho que teve uns 297. Colaboradores 3.499. Co-autores 57.889. E por aí vai em Progressão Geométrica.

E para finalizar o que me coloca contra o Twitter da Lei Seca é simplesmente os maus usuários. As pessoas que realmente beberam tanto que comprometem sua capacidade de dirigir, não são pegas nas blitzes e podem provocar acidentes e tragédias na próxima esquina. Infelizmente todos sabemos que elas existem, coladas aos seus smartfones plugados na internet atentas às twittadas denunciando onde estão sendo montadas as operações. É igual aquela coisa de comprar produto pirata e/ou drogas e/ou produtos roubados. Financia a arma e a bala pro marginal matar seu amigo ali na esquina. O Twitter da Lei Seca desvia das autoridades potenciais assassinos das pessoas que você gosta e se importa.

Mas vale a pena deixar claro que não estou ponderando o belíssimo serviço feito pelo "Twitter Lei Seca" no que diz respeito a denúncias de violência, congestionamento, carros roubados, tragédias naturais, acidentes variados e muitas outras informações de utilidade pública. Esse post restringe-se somente ao que diz respeito a Lei Seca.

Daí (conforme avisado) volto a estaca zero e ao que escrevi no inicio desse post. Não consigo ter um pitaco definido sobre essa briga. Gostaria muito de ver um recorde de participações dos nossos leitores e que cada um comentasse de que lado está ou se dividem a dúvida assim como eu.

Quem está certo? Quem está errado?


Além dos comentários participe da enquete a esquerda. Vamos ver se as pessoas tem opinião formada sobre o tema. Vamos computar os votos durante 30 dias a partir de hoje! Compartilhe, fale com os amigos. Vamos colher o máximo de opiniões possíveis!

domingo, 16 de outubro de 2011

Basta de Rafinha Bastos!

Mais uma vez tenho que reafirmar o quanto os valores estão invertidos nesse país. Uma novela com final anti-ético e criminoso termina (Morde & Assopra) e outra que deveria se chamar "A tempestade em copo d'água" permanece eterna: Rafinha Bastos e suas piadas polêmicas!

Falo em inversão de valores porque a mídia está puxando o seu cabresto em cima da gente e obrigando a ser covarde. Não há muito tempo atrás, quando Rafinha Bastos fez a (não)piada de péssimo humor sobre estupro eu comentei não entender porque tanto estardalhaço. Ele disse que mulher feia devia agradecer quando fosse estuprada. Tá, e daí? O Zorra Total todo sábado a noite mostra um travesti dizendo para a amiga feia que se alguém abusar dela no vagão lotado do metrô, ela tem que aproveitar porque não está podendo escolher. Só agorinha (dias atrás) que ouvi um sussurro em algum lugar distante de Brasília que pretendiam quem sabe talvez solicitar a retirada do quadro no programa. Mas a reação ao humorista da Band foi relâmpago. Piada sobre o estupro e minutos (!) depois repúdios nas redes sociais, manifestação de colunistas e claro, praticamente manchete nos jornais do dia seguinte. Mas com a Globo ninguém mexe!

Aí veio a palhaçada com a "Neta do Seu Francisco". É característica do Senhor Rafael B. ser debochado, ofensivo com humor de boteco. Quem assiste ele falando vê que foi um comentário saindo na urina. Uma frase pronta de comédia Stand Up sem nenhuma intenção realmente de comer a Wanessa Camargo e muito menos um feto que encontra-se na barriga dela (fisicamente impossível). E como eu dizer que quero transar com a Aurora Boreal! Surrealista. Mesmo porque comer a Wanessa Camargo só se for pra fazer piada mesmo. Um cara com a fama e o dinheiro do cara come dez vezes dez mulheres dez vezes dez mais gostosas que a sertaneja pop star.

Mas quem aprontou o bafafá todo foi o marido inseguro! Não sei dizer se ele queria aparecer, com inveja da mulher aparecer mais na mídia do que ele ou se o cara talvez seja do Clube do Pai Rico e veste camisa polo, com suéter de tricô (tiozinho) apoiado nos ombros. Aí faz beicinho e bate o pé toda vez que alguém quer jogar bola e não escolhe ele pro time. Empresariado tá ganhando muito dinheiro mesmo para ter tempo de se preocupar com uma coisa dessas.

Agora veio o Fabio Assunção e o Rafinha mandando a Folha chupar um cacete (hehehehe)! Desculpe, é politicamente incorreto mas é engraçado. Fico imaginando a Mônica Bergamo abrindo a caixa de e-mails dela e lendo "Chupa o meu grosso e vascularizado cacete"! (será que ela foi?) Ao menos nem ela nem um marido (nem sei se tem) quis entrar na justiça e engrossar essa badalhoca. Mas o Fábio Assunção sim, foi um herói Olimpiano elegante e deu uma resposta de um verdadeiro artista ao comediante de boteco! Nada de processo, nada de beicinho, apenas um recadinho alto nível e pronto!

Cada um luta com as armas que tem. Rafinha no seu show faz piada do Fabio Assunção, e o Fabio por sua vez usa seu twitter e sua arte para dar um cruzado de esquerda (de luva) de volta. Minutos depois, a resposta do ator global está em todas (TODAS MESMO) as revistas, colunas, sites, jornais, blogs e etc... Tá certo que ele deu ainda mais audiência ao infame humorista, mas valeu pela pancada.

Por falar em armas, Rafinha Bastos também sabe usar das suas. Muitos vídeos e imagens dele após a polêmica vem fazendo sucesso na rede. Detalhe: fazendo piada dele mesmo. Ofensivo e agressivo, ele não poupa humor negro nem pra si, além de ironias sem fim.

Mas o que não falta é mídia querendo botar gente na rua protestando contra o Judas do momento. Mas não tem ninguém pra botar gente na rua protestando contra um palhaço que se elege sem saber o que faz um deputado, e deixar ele continuar lá mamando ainda sem saber. Cadê a revolta popular quanto ao Maluf ser Coordenador Parlamentar da Reforma Política? Vereador ganhando mais de R$ 25 mil por mês para criar a lei do "Velório Virtual"! Essas piadas aí ninguém acha anti-ético ou ofensiva.

Todos deveriam prestar mais atenção nas matérias (denúncias) do CQC, principalmente as que envolvem nossos governantes e representantes públicos, e aí sim, tomar atitudes de repudio, ações judiciais e manifestos generalizados. E não bradar contra as piadas ao vivo que seus humoristas fazem na inofensiva bancada do programa!

A censura ao humor hoje está tão criminosa e irresponsável, que se continuar assim, o máximo de humor que vamos conseguir assistir vai ser o "divertidíssimo" Zorra Total mesmo.

Brasil: País onde os políticos podem fazer piada a vontade, e os humoristas são levados a sério!


O cara já tá procurando outro emprego. Agora falando sério, deve ter emissora fazendo simpatia e tudo pra ele sair e ficar disponível. Tem espaço (e imunidade) pra ele lá no metrô Zorra Total. Pena que pré-requisito pra entrar lá é ser sem graça.


Isso é o máximo de redenção que vão conseguir do cara!


Os colegas já se manifestaram sobre o assunto!

Mostra o crachá!

Essa vai para os "poderosos" que gostam de ficar dando carteirada por onde passam. Principalmente Juízes, Deputados, Policiais e incrivelmente alunos do 1º período de Direito (adevogados):


O PODER DE UM CRACHÁ

Um policial federal vai a uma fazenda e diz ao dono, um velho fazendeiro:
- Preciso inspecionar sua fazenda. Há uma denúncia de plantação ilegal de maconha.
O fazendeiro diz:
-Ok, mas não vá naquele campo ali." E aponta para uma determinada área.

O oficial P...' da vida diz indignado:
- O senhor sabe que tenho o poder do governo federal comigo?" - e tira do bolso um crachá mostrando ao fazendeiro:
-Este crachá me dá a autoridade de ir onde quero.... e entrar em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? me fiz entender?"

O fazendeiro todo educado pede desculpas e volta para o que estava fazendo.
Poucos minutos depois o fazendeiro ouve uma gritaria e vê o oficial do governo federal correndo para salvar sua própria vida perseguido pelo Santa Gertrudes, o maior touro da fazenda.  A cada passo o touro vai chegando mais perto do oficial, que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O oficial está apavorado.

O fazendeiro larga suas ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:

- "Seu Crachá, mostra o seu CRACHÁ!”

"Cara crachá... cara crachá... cara crachá!"

Não basta fazer o básico!


sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O Gigante Keep Walking! Parte 2...

Segue abaixo texto que recebi que faz parte da campanha da Johnnie Walker "O Gigante Keep Walking". Muito bonito, embora saibamos que objetiva unicamente de vendas e remessas de dinheiro para os Yankees.


No início dos tempos, na parte sul das Américas, habitava um gigante. Um dos poucos que andavam sobre a Terra.
Gigante pela própria natureza, e sendo natureza ele próprio, era feito de rochas, terra e matas, que moldavam sua figura. Pássaros e bichos pousavam e viviam em seu corpo e rios corriam em suas veias. Era como um imenso pedaço de paisagem que andava e tinha vontade própria.
Caminhava com passadas vastas como vales e tinha a estatura de montanhas sobrepostas. Ao norte, em seu caminho, encontrava sol quente e brilhante nas quatro estações do ano. Ao sul, planaltos infindáveis. A oeste, planícies e terras cheias de diversidade. E a leste, quilômetros e quilômetros de praias onde o mar tocava a terra gentilmente, desde sempre. Havia também uma floresta como nenhuma outra no planeta. Tão grande, verde e viva que funcionava como o pulmão de todo o continente à sua volta.
Mesmo diante de tudo isso, um dia, enquanto caminhava, o gigante se inquietou. 
Parou então à beira-mar e ali, entre as águas quentes do Atlântico e uma porção de terra que subia em morros, deitou-se. E, deitado nesse berço esplêndido, olhou para o céu azul acima se perguntando: "O que me faz gigante?". 
Em seguida, imaginando respostas, caiu em sono profundo.
Por eras, que para os gigantes são horas, ele dormiu. Seu corpo gigantesco estirado, o joelho dobrado formando um grande monte, uma rocha imensa denunciando seu torso titânico e a cabeça indizível, coberta de árvores e limo. 
Dormiu até se tornar lenda no mundo. Uma lenda que dizia que o futuro pertencia ao gigante, mas que ele nunca acordaria e que o futuro seria para ele sempre isso: futuro. 
No entanto, com o passar do tempo ficou claro que nem mesmo as lendas devem dizer "nunca".
Depois de muito sonhar com a pergunta sobre si, o gigante finalmente despertou com a resposta.
Acordou, ergueu-se sobre a terra da qual era parte e ficou de frente para o horizonte. 
Tirou então um dos pés do chão e, adentrando o mar, deu um primeiro passo. 
Um passo decidido em direção ao mundo lá fora para encontrar seu destino.
Agora sabendo que o que o faz um gigante não é seu tamanho, mas o tamanho dos passos que dá.



®KEEP WALKING, BRAZIL.

Pague menos imposto!


No "país dos impostos", os remédios para nós, seres humanos, são taxados em mais que o dobro dos produtos de uso veterinário, o que originou esta sensacional frase de Joelmir Beting, no Jornal da Band:

 "Se você entrar na farmácia tossindo, paga 34% de imposto; se entrar latindo, paga só 14% !!!"

O que aconteceu com o final feliz? Morreu?

Quando eu penso que deixar o vilão ganhar no final já era uma pedagogia safada da Globo, ela vem e consegue supreendentemente me surpreender (com redundância e tudo)!

Saldo do final da novela Morde & Assopra (que eu percebi)!

1. Quatro viados viram showgirls em São Paulo! Detalhe que um deles deixou uma mulher grávida e é procurado pela polícia como bígamo e não paga pensão a nenhuma ex-mulher. Outro deixou a mulher também com um filho pequeno (carinhosamente apelidado de prejuízo) para se entregar a pederastia. Seus companheiros são nada mais nada menos que um ex-policial e um caubói (estereótipo de masculinidade). A coisa vai muito além de combater a homofobia com a incansável luta por transformar o homossexualismo como algo correto, eles agora fazem apologia a engravidar sem responsabilidade, largar mulheres no altar e não pagar pelos seus crimes.

2. Dois políticos corruptos até a raiz (qualquer semelhança com a realidade é mera veracidade) lutam pela prefeitura da cidade, e a seguir, a vencedora trata de declarar-se milionária e afirma com total convicção e paixão que aquela prefeitura vai lhe render uma fortuna. Logo em seguida comemora a vitória na cama com seu marido infiel pondo-se no papel de uma amante que trai a mulher que a traía com o mesmo homem (parece confuso, mas graças a televisão até uma menina de 5 anos entende, e o pior assimila). Uma bela dramaturgia a favor da promiscuidade e desprezo pelos valores e bons costumes.  Além da corrupção, lógico, mas isso já sai na urina.

3. A protagonista da novela reencontra seus pais no centro da terra, região povoada por dinossauros vivos e recheada de diamantes valiosíssimos. E consegue sair de lá para casar com um roceiro.

Se você voltasse 30 anos no passado e dissesse que esses três itens eram comuns no ano de 2011 (na vida real), é bem capaz que as pessoas acreditassem apenas no item 3, dizendo que os outros eram pura invenção, ficção sem sentido!


E eu pergunto: Tanto esforço e gasto para espalhar uma cartilha a favor da homossexualidade nos colégios, pras crianças chegarem em casa e aprender que roubar numa prefeitura é uma boa, traição no casamento é coisa corriqueira, tá tranquilo engravidar uma mulher e meter o pé deixando ela sem pensão ou suporte e que até aquele caubói macho que monta toro brabo, dá ré no kibe!

Globo educação! Mas fica tranquilo, a Rede Globo tem uns programas bons, DOMINGO 6hs DA MANHÃ!

E preparem-se...  O BIG BUNDAS BOSTAS BROTHER BABAQUICES BRASIL já tá chegando!


*Se você concorda, compartilhe e vamos deixar esses autores de novela saber que entendemos a mensagem que eles querem passar!

Poupar ou gastar R$ 100,00?

Qual a diferença entre poupar R$ 100 e gastar R$ 100? 


Se um correntista (malandro) tivesse depositado R$ 100,00 (Cem Reais) na poupança em qualquer banco, no dia 1º de julho de 1994 (data de lançamento do Real), teria hoje na conta a FANTÁSTICA FORTUNA de R$ 374,00 (Trezentos e Setenta e Quatro Reais).

Se esse mesmo correntista tivesse sacado R$ 100,00 (Cem Reais) no Cheque Especial, na mesma data, teria hoje uma pequena e módica dívida de R$ 139.259,00 (Cento e Trinta e Nove Mil e Duzentos e Cinquenta e Nove Reais), no mesmo banco.

Ou seja: com R$ 100,00 do Cheque Especial, ele ficaria devendo 9 Carros Populares, e com o da poupança, conseguiria comprar apenas 3 pneus.

Não é à toa que há bancos com quase R$ 2.000.000.000,00 (Dois Bilhões de Reais) de lucro líquido somente em um semestre, ... Dá pra comprar um outro banco por semestre.

Isso me lembra um episódio de uma novela da rede globo chamada Bang Bang, que felizmente eu tive a sorte de ver. Havia um coronel e seu empregado. O empregado então vira para o coronel e diz:
- Tive uma brilhante idéia. Vamos pegar dinheiro com os grandes proprietários de terra da região e prometer a eles devolver depois de um tempo com 0,5% (meio porcento) de juros.
O coronel então questiona:
- E como vamos pagar esse meio porcento?
- Simples, a gente empresta para os comerciantes e pequenos assalariados a 10% (Dez porcento) de juros ao mês!

Agora é que vem a pérola. O Coronel arregala os olhos e inocentemente pergunta:
- Mas isso não é crime?!

hauhauhauahauhauha... eu nunca ri tanto na minha vida. Foi uma excelente sacada do autor da novela. Aposto que o cara que inventou o empréstimo com recursos de aplicações financeiras fez  a mesma pergunta quando te apresentaram o projeto: - Isso não é ilegal?

Nada é crime ou ilegal num país onde aceitamos tão facilmente a carga tributária, os dólares na cueca, os palhaços deputados, os aumentos de 347% no salário dos parlamentares, surra e cadeia para os bombeiros mais mal pagos do país, professores tomando cacete da polícia, polícia tomando cacete da policia, polícia tomando bala de bandido por Mil reais de salário, ... afff... Peraí que vou ali me enforcar rapidamente e já volto!


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Nokia Store Barra Shopping - Vale a pena elogiar!


Fazia muito tempo que eu não fazia referências a estabelecimentos em que fui bem ou mal atendido. Fico até feliz de voltar a falar nesse assunto para tecer um elogio.

Hoje comprei um novo celular (tendo em vista o que a maioria já sabe, perdi o meu antigo), e sabia que tinha apenas uma exigência: Que o aparelho tivesse senha pra tudo! Senha na hora de ligar o aparelho, senha para desbloquear o teclado, senha para mexer nas configurações e se possível que reconhecesse minhas digitais e explodisse caso estivesse em mãos diferentes da minha por mais de 5 minutos.

Bom, tirando essa ultima exigência, consegui o aparelho que me agradasse. Mas foi uma peleja até isso acontecer. Primeiro de tudo, se você quer informações precisas e técnicas, não adianta ir a Lojas Americanas, Ponto Frio, Casas Bahia, Casa e Vídeo e assemelhados. Eles possuem atendentes, nada além disso. Para vender um aparelho celular com as tecnologias de hoje em dia atendentes não adianta. Não serve um cara que tem que dar informações sobre um aparelho que faz mil e uma coisas, inclusive ligações telefônicas, e mandar ele ajudar na sessão de colcha de casal.

Fui na Oi (não posso falar das outras operadoras), e a coisa não foi muito diferente. O rapaz que me atendeu falava com tanta certeza quanto os números da próxima loteria. Em certo momento até achei que ele escolhia os aparelhos para me mostrar na base do unidunitê. 

Fui plenamente atendido na loja da Nokia (Barra Shopping) pelo atendente Chul. Não estranhe o nome, o rapaz tem descendência oriental. Num atendimento inicial, me deu mais do que eu necessitava de informações técnicas. Como operava a segurança dos aparelhos e os recursos do aparelho. Tudo foi feito com extremo bom humor e cortesia. Não comprei o aparelho! Fiquei em dúvida entre um de preço médio e um caro. Falei que iria buscar minha esposa e pensar um pouco. Nem por esse motivo ele deixou de ser educado.

Voltei, optei pelo mais barato e ele ainda conseguiu me vender uma capinha de 40 reais! Mas como ia no parcelamento nem doeu tanto! hehehe... 

Mas se eu fosse um zé ruela desses, eu pegava a informação que precisava, e escolhendo o modelo, buscava o lugar mais barato e/ou com melhores formas de pagamento. Mas resolvi premiar a loja e o funcionário pelo bom atendimento. O celular que eu tinha era Nokia, agora é Nokia de novo e isso graças a um bom atendimento.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Final alternativo Caverna do Dragão! - Por um brasileiro.


Esse final alternativo do "Caverna do dragão" foi produzido por um brasileiro. Apesar de soar estranho, houve uma mistura de Transformers, Comandos em Ação (GI-Joe), e o Caverna do Dragão em si, e ficou bom!

Além do entretenimento e da criatividade, isso serve para provar que os brasileiros são muito talentosos e merecem um espaço nesse ramo além de "Peixonautas".

Sinceramente, se esse "piloto" virasse uma série, eu com certeza não perderia nenhum capítulo. Muito bom a idéia do Bob ter ficado vivo e usuário de todas as armas de seus falecidos (?) companheiros.

Aproveito para divulgar essa belíssima imagem que achei na net. E o blog em que achei essa imagem detalha bastante os "finais" do Caverna do Dragão, e demais justificativas para o fim sem sentido da série.


O Cara do Google?!


Trecho retirado de uma coluna chamada "Cenas cariocas" num jornal do Rio:

"O coleguinha Rodrigo Shampoo é testemunha. Ontem por volta de 10h, num ônibus da linha 239 (Água Santa - Castelo), dois amigos papeavam sobre a morte de Steve Jobs, da Apple:
- Você viu que o Steve Jobs morreu?
- Caraca! Ele acabou de fazer show no Rock'n Rio!
- Não seu animal! Esse é o Steve Wonder! Quem morreu foi Steve Jobs, o cara do Google. Burro pra Cacete!"

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O Gigante Keep Walking!


Muitos vídeos foram publicados aqui. Mas tirando a propaganda da Harley Davidson - Respect, esse aqui é definitivamente um dos melhores que já assisti. Desenvolvido pela Neogama / BBH, com produção da The Mill, essa peça foi o maior investimento da Johnnie Walker no Brasil, e o primeiro filme local. O conceito de que o Brasil é um Gigante Adormecido foi muito bem explorado nessa propaganda.

A propaganda estreiou neste domingo na TV Brasileira, mas se você não viu, pode conferir aqui no Pitaco.

Ainda sou consumidor exclusivamente de Jack Daniels, mas a Johnnie Walker ganhou pontos comigo!


Isso realmente pede uma cerveja!



A peça acima trata de uma "pegadinha" promovida pela cerveja dinamarquesa Carlsberg. A idéia foi lotar uma sala de cinema com motoqueiros mal encarados e deixar apenas dois lugares vagos no meio do cinema, dificultado por ter que pedir licença aos brutamontes. Os casais que desafiavam o cenário eram premiados com a cerveja além de serem ovacionados pelos próprios motoqueiros.

Acredito que eu ia meter as caras e ir até as cadeiras vagas, mas houve casais que desistiram. Galinhas!....


domingo, 9 de outubro de 2011

Musculação para o cérebro!


Leia até o fim!

De aorcdo com uma peqsiusa 
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as 
Lteras de uma plravaa etãso, 
a úncia csioa iprotmatne é que 
a piremria e útmlia Lteras etejasm 
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser 
uma bçguana ttaol, que vcoê 
anida pdoe ler sem pobrlmea. 
Itso é poqrue nós não lmeos 
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa 
cmoo um tdoo. 

Sohw de bloa. 

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito. 
Esse é o mais maneiro!

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5! 

Consegue encontrar 2 letras B abaixo? Não desista... 

RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 
RRRRRRRRRRRBRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 
RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 
RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 
RRRRRRRRRRBRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 
RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR 

Encontra o 1 

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIII1IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII  
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII 

Encontra o 6 

9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999699999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999  
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 
9999999999999999999999999999999999 

Encontra o N (É díficil!) 

MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMNMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 
MMMMMMMMMMMMM 

Encontra o Q... (essa é moleza)

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOQOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO