Páginas

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Caixas de Leite protegem do frio no Paraná

video

Todos sabemos como a habitação no Brasil nas áreas de comunidades humildes é algo preocupante. Tragédias como a ocorrida na região serrana do Rio de Janeiro expuseram a fragilidade dessas famílias. Apesar de ter sido danoso para todos, os mais pobres foram o que mais sofreram (e continuam até hoje). Num tom menos catastrófico, a reportagem acima trata do frio que maltrata os moradores de Passo Fundo no Paraná. Em casas de madeira, as frestas impedem a entrada do sol, mas não impedem uma corrente gelada que prejudica os moradores, principalmente as crianças.

Como nunca vale a pena esperar a ajuda da UNESCO (e afins), os políticos estão ocupados batizando ruas, escolhendo carros de luxo para o dinheiro público pagar ou batendo em bombeiros e professores, cabe a população e cidadãos notáveis atribuir soluções que deveriam se dadas por quem votamos para fazê-lo. A senhora da matéria além de promover a sustentabilidade, também arrumou um jeito de ajudar o próximo de carona. Merecedora de um prêmio, ela descobriu como simples caixinhas de leite podem impedir doenças e melhorar a qualidade de vida dos mais necessitados. Imagina o que essa senhora poderia fazer com meia verba de gabinete de um Deputado.

Pessoalmente só não sei se grudar as caixas com grampeador é uma boa idéia. Acho que deve envelhecer e soltar com mais facilidade. Mas aí também cabe aos próprios beneficiários arrumarem um jeito de perpetuar a medida.

O que também não entendo é como uma fábrica de leite não toma conhecimento de uma ação dessa e promove uma promoção sustentável incentivando o recolhimento dessas caixas vazias e ela  mesma confeccionando esse "papel de parede" protetor e sustentável nas comunidades. Deixam passar essa oportunidade de ouro de melhorar sua imagem, ganhar com essa visibilidade positiva e ainda por cima ajudar a população. É realmente dar muito mole!




Um comentário:

  1. Genial!!!! Aliviar o frio de pessoas humildes e preservar o meio ambiente ao mesmo tempo!!! Se o governo não estivesse cagando para a população com certeza apareceriam muitas outras iniciativas como essa !!!

    ResponderExcluir