Páginas

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #6

Aula 6


Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: - Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde: - Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.*

Conclusão: *Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo*.


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #5

Aula 5


Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome. *


Conclusão: *Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.*


terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #4

Aula 4


Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.
O gênio diz:
- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!
- Eu primeiro, eu primeiro. ' grita um dos funcionários!!!!
- Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida '... Pufff e ele foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas! Puff, e ele se foi.
- Agora você - diz o gênio para o gerente.
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião! *


Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro*




segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #3

Aula 3


Um padre está dirigindo por uma estrada quando vê uma freira em pé no acostamento.
Ele para e oferece uma carona que a freira aceita.
Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas.
O padre se descontrola e quase bate com o carro.
Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira.
A freira olha para ele e diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
O padre sem graça se desculpa:
- Desculpe Irmã, a carne é fraca... E tira a mão da perna da freira.
Mais uma vez a freira diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento.
Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: 'Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso'. *


Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades*


domingo, 23 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #2

Aula 2


Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas.
No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas e acha que provavelmente algumas mulheres invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa.
Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde:
- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés! *


Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*.


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Lições corporativas em 6 histórias! #1


Aula 1

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando.
A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a
mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas.
Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz:
- Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua.
Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto.
Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
- Quem era?
- Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
- Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo? *

*
Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias*


O antes e o depois (1971 - 2012)


MUDANÇAS ENTRE 1971 e 2011  - A MAIS PURA VERDADE!!!! 
     
AS MUDANÇAS NOS ÚLTIMOS 40 ANOS:
     
     
Cenário 1:
Luis, de maldade quebra o farol de um carro, no seu bairro:
     
· Ano 1971: Seu pai tira a cinta e lhe aplica umas sonoras bordoadas no traseiro. A Luis nem lhe passa pela cabeça fazer outra nova "bobagem", cresce normalmente, vai à universidade e se transforma num profissional de sucesso.
     
· Ano 2011: Prendem o pai de Luis por maus tratos. O condenam a 5 anos de reclusão e, por 15 anos deve abster-se de ver seu  filho. Sem o guia de uma  figura paterna, Luis se volta para as drogas, transforma-se num delinquente e fica preso num presídio especial para adolescentes. 
      

Cenário 2:
José cai enquanto corria no pátio do colégio, machuca o joelho. 
Sua professora Maria, o encontra chorando e o abraça para confortá-lo...

· Ano 1971: Rapidamente, José se sente melhor e continua brincando.

· Ano 2011: A professora Maria é acusada de não cuidar das crianças. José passa cinco anos em terapia pelo susto e seus pais processam o colégio por danos psicológicos e a professora por negligência, ganhando os dois juízos. Maria renuncia à docência, entra em aguda depressão e se suicida...
      

Cenário 3:
Disciplina escolar:
     
· Ano 1971: Fazíamos bagunça na classe... O professor nos dava uma boa "repreensão" e/ou nos encaminhava para a direção; chegando em casa, nosso velho nos castigava sem piedade e no resto da semana não incomodávamos mais ninguém.
     
· Ano 2011: Fazemos bagunça na classe. O professor nos pede desculpas por repreender-nos e fica com a culpa por fazê-lo. Nosso velho vai até o colégio dar queixa do professor e para consolá-lo compra uma moto para o filhinho.      

Cenário 4:
Horário de Verão:
     
· Ano 1971: Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. Nada acontece.
     
· Ano 2011: Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. A gente sofre transtornos de sono, depressão, falta de apetite, nas mulheres aparece até celulite.
      

Cenário 5:
Fim das férias:
     
· Ano 1971: Depois de passar férias com toda a família enfiados num Gordini ou Fusca, é hora de voltar, após 15 dias de sol na praia. No dia seguinte se trabalha e tudo bem.
     
· Ano 2011: Depois de voltar de Cancun, numa viagem'all inclusive', terminam as férias e a gente sofre da síndrome do abandono, "panic attack", seborréia, e ainda precisa de mais 15 dias de readaptação...      

Cenário 6:
Saúde:
     
· Ano 1971: Quando ficávamos doentes, íamos ao INPS aguardávamos 2 horas para sermos atendidos, não pagávamos nada, tomávamos os remédios e melhorávamos.

- Ano 2011: Pagamos uma fortuna por plano de saúde. Quando fazemos uma distensão muscular, conseguimos uma consulta VIP para daqui a 3 meses, o médico ortopedista vê uma pintinha no nosso nariz, acha que é câncer, nos indica um amigo dermatologista que pede uma biópsia, e nos indica um amigo oftalmologista porque acha que temos uma deficiência visual.  Fazemos quimioterapia, usamos óculos e depois de dois anos e mais 15 consultas, melhoramos da distensão muscular.      

Cenário 7:
Trabalho:
     
· Ano 1971: O funcionário que era “pego” fazendo “cera” (fazendo nada). Tomava uma bronca do chefe, ficava com vergonha e ia trabalhar.
     
· Ano 2011: O funcionário pego "desestressando" é abordado gentilmente pelo chefe que pergunta se ele está passando bem. O funcionário acusa-o de bullying e assédio moral, processa a empresa que toma uma multa, o funcionário é indenizado e o chefe é demitido.
      
Cenário 8:
Assédio:
     
· Ano 1971: A colega bonitona recebe uma cantada de Ricardo. Ela reclama, faz charminho, mas fica envaidecida, saem para jantar, namoram e se casam.

 · Ano 2011: Ricardo admira as pernas da colega bonitona quando ela nem está olhando, ela o processa por assédio sexual. Ele é condenado a prestar serviços comunitários. Ela recebe indenização, terapia e proteção paga pelo estado.      

Cenário 9:
Comportamento:
     
· Ano 1971: Homem fumar era bonito, ser gay era feio.

· Ano 2011: Homem fumar é feio, ser gay é bonito.

Até o Silvio Santos de 1971 era melhor.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Já viu um pavão voando?





Essa última foto, com um tratamento de alguém (muito) talentoso no Photoshop, esse pavão se transformaria na mitológica "Fênix" mole mole.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Porque se tem tanto medo do Lula?


Por que eles têm medo do Lula?

Lula virou o diabo para a direita brasileira, comandada por seu partido – a mídia privada. Pelo que ele representa e por tê-los derrotado três vezes sucessivas nas eleições presidenciais, por se manter como o maior líder popular do Brasil, apesar dos ataques e manipulações de todo tipo que os donos da mídia – que não foram eleitos por ninguém para querer falar em nome do país – não param de maquinar contra ele. 

Primeiro, ele causou medo quando surgiu como líder operário, que trazia para a luta política aos trabalhadores, reprimidos e super-explorados pela ditadura durante mais de uma década e o pânico que isso causava em um empresariado já acostumado ao arrocho salarial e à intervenção nos sindicatos.

Medo de que essa política que alimentava os superlucros das grandes empresas privadas nacionais e estrangeiras – o santo do chamado “milagre econômico” -, terminasse e, com ela, a possibilidade de seguirem lucrando tanto às custas da super-exploração dos trabalhadores. 

Medo também de que isso tirasse as bases de sustentação da ditadura – além das outras bases, as baionetas e o terror – e eles tivessem que voltar às situações de incerteza relativa dos regimes eleitorais.

Medo que foi se acalmando conforme, na transição do fim do seu regime de ditadura militar para o restabelecimento da democracia liberal, triunfavam os conservadores. Derrotada a campanha das diretas, o Colégio Eleitoral consagrou um novo pacto de elite no Brasil, em que se misturavam o velho e o novo, promiscuamente na aliança PMDB-PFL, para dar nascimento a uma democracia que não estendia a democracia às profundas estruturas econômicas, sociais e midiáticas do país.

Sempre havia o medo de que Lula catalizasse os descontentamentos que não deixaram de existir com o fim da ditadura, porque a questão social continuava a arder no país mais desigual do continente, mais desigual do mundo. Mas os processos eleitorais pareciam permitir que as elites tradicionais retomassem o controle da vida política brasileira.

Aí veio o novo medo, que chegou a pânico, quando Lula chegou ao segundo turno contra o seu novo queridinho, Collor, o filhote da ditadura. E foi necessário usar todo o peso da manipulação midiática para evitar que a força popular levasse Lula à presidencia do Brasil, da ameaça de debandada geral dos empresários se Lula ganhasse, à edição forjada de debate, para tentar evitar a vitória popular.

O fracasso do Collor levou a que Roberto Marinho confessasse que eles já não elegeriam um presidente deles, teriam que buscar alguém no outro campo, para fazê-lo seu representante. Se tratava de usar de tudo para evitar que o Lula ganhasse. Foram buscar ao FHC, que se prestou a esse papel e parecia se erigir em antidoto permanente contra o Lula, a quem derrotou duas vezes.

Como, porém, não conseguem resolver os problemas do país, mas apenas adiá-los – como fizeram com o Plano Real -, o fantasma voltou, com o governo FHC também fracassando. Tentaram alternativas – Roseana Sarney, Ciro Gomes, Serra -, mas não houve jeito.

Trataram de criar o pânico sobre a possibilidade da vitória do Lula, com ataque especulativo, com a transformação do chamado “risco Brasil” para “risco Lula”, mas não houve jeito.

Alivio, quando acreditaram que a postura moderada do Lula ao assumir a presidência significaria sua rendição à política econômica de FHC, ao “pensamento único”, ao Consenso de Washington. Por um lado, saudavam essa postura do Lula, por outro incentivavam os setores que denunciavam uma “traição” do Lula, para buscar enfraquecer sua liderança popular. No fundo acreditavam que Lula demoraria pouco no governo, capitularia e perderia liderança popular ou colocaria suas propostas em prática e o país se tornaria ingovernável.

Marketing político

Quando se deram conta que Lula se consolidava, tentaram o golpe em 2005, valendo-se de acusações multiplicadas pela maior operação de marketing político que o pais já conheceu – desde a ofensiva contra o Getúlio, em 1954 -, buscando derrubar o Lula e sepultar por muito tempo a possibilidade de um governo de esquerda no Brasil. Colocavam em prática o que um ministro da ditadura tinha dito: Um dia o PT vai ganhar, vai fracassar e aí vamos poder governar o país sem pressão.”

Chegaram a cogitar um impeachment, mas tiveram medo do Lula, da sua capacidade de mobilização popular contra eles. Recuaram e adotaram a tática de sangrar o governo, cercando-o no Parlamento e através da mídia, até que, inviabilizado, fosse derrotado nas eleições de 2006.

Fracassaram uma vez mais, quando o Lula convocou as mobilizações populares contra os esquemas golpistas, ao mesmo tempo que a centralidade das políticas sociais – eixo do governo Lula, que a direita não enxergava, ou subestimava e tratava de esconder – começava a dar seus frutos. Como resultado, Lula triunfou na eleições de 2006, ao contrário do que a direita programava, impondo uma nova derrota grave às elites tradicionais.

O medo passou a ser que o Brasil mudasse muito, tirando suas bases de apoio tradicionais – a começar por seus feudos políticos no nordeste -, permitindo que o Lula elegesse sua sucessora. Se refugiaram no “favoritismo” do Serra nas pesquisas – confiando, uma vez mais, na certeza do Ibope de que o Lula não elegeria sua sucessora.

Foram de novo derrotados. Acumulam derrota atrás de derrota e identificam no Lula seu grande inimigo. Ainda mais que nos últimos anos do seu segundo mandato e na campanha eleitoral, Lula identificou e apontou claramente o papel das elites tradicionais, com afirmações como a de que ele demonstrou “que se pode governar o Brasil, sem almoçar e jantar com os donos de jornal”. Quando disse que “não haverá democracia no Brasil, enquanto os políticos tiverem medo da mídia”, entre outras afirmações. 

Quando, depois de seminário que trouxe experiências de regulações democráticas da mídia em varias partes insuspeitas do mundo, elaborou uma proposta de lei de marco regulatório para a mídia, que democratize a formação da opinião pública, tirando o monopólio do restrito número de famílias e empresas que controlam o setor de forma antidemocrática. 

Além de tudo, Lula representa para eles o sucesso de um presidente que se tornou o líder político mais popular da história do Brasil, não proveniente dos setores tradicionais, mas um operário proveniente do nordeste, que se tornou líder sindical de base desafiando a ditadura, que perdeu um dedo na máquina – trazendo no próprio corpo inscrita a sua origem e as condições de trabalho dos operários brasileiros.

Representante do povo

Enquanto o queridinho da direita partidária e midiática brasileira, FHC, fracassou, Lula teve êxito em todos os campos – econômico, social, cultural, de políticas internacional -, elevando a auto-estima dos brasileiros e do povo brasileiro. Lula resgatou o papel do Estado – reduzido à sua mínima expressão com Collor e FHC – para um instrumento de indução do crescimento econômico e de garantia das políticas sociais. Derrotou a proposta norteamericana da Alca – fazer a América Latina uma imensa área de livre comércio, subordinada ao interesses dos EUA -, para priorizar os projetos de integração regional e os intercâmbios com o Sul do mundo.

Lula passou a representar o Brasil, a América Latina e o Sul do mundo, na luta contra a fome, contra a guerra, contra o monopólio de poder das nações centrais do sistema. Lula mostrou que é possível diminuir a desigualdade e a pobreza, terminar com a miséria no Brasil, ao contrário do que era dito e feito pelos governos tradicionais.

Lula saiu do governo com praticamente toda a mídia tradicional brasileira contra ele, mas com mais de 80% de apoio e apenas 3% de rejeição. Elegeu sua sucessora (Dilma), contra o “favoritismo” do candidato da direita (José Serra do PSDB). 

Aí acreditaram que poderiam neutralizá-lo, elogiando a Dilma como contraponto a ele, até que se rendem que não conseguem promover conflitos entre eles. Temem o retorno do Lula como presidente, mas principalmente o temem como líder político, como quem melhor vocaliza os grandes temas nacionais, apontando para a direita como obstáculo para a democratização do Brasil.

Lula representa a esquerda realmente existente no Brasil, com liderança nacional, latino-americana e mundial. Lula representa o resgate da questão social no Brasil, promovendo o acesso a bens fundamentais da maioria da população, incorporando definitivamente os pobres e o mercado interno de consumo popular à vida do país.

Lula representa o líder que não foi cooptado pela direita, pela mídia, pelas nações imperiais. Por tudo isso, eles têm medo do Lula. Por tudo isso querem tentar desgastar sua imagem. Por isso 80% das referências ao Lula na mídia são negativas. Mas 69,8% dos brasileiros dizem que gostariam que ele volte a ser presidente do Brasil. Por isso eles têm tanto medo do Lula. Emir Sader

Quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Postado por Pedro R. Lima, professor

Comentários:
- O PSDB/DEM/PPS, a rede Globo e a desacreditada revista Veja que é sócia do bicheiro bandido preso Carlinhos Cachoeira, querem envolver o presidente Lula como chefão do mensalão petista a qualquer custo. Essa é a tática golpista da oposição e da mídia venal para prejudicar Fernando Haddad, candidato do PT a prefeitura de São Paulo e que esta a frente do tucano José Serra nas pesquisas, como também para empurrar o processo do mensalão do PT até a próxima eleição presidencial e com isso não dar chance para que o Supremo inicie o julgamento do mensalão do PSDB até outubro de 2014, favorecendo José Serra, Aécio Neves e Geraldo Alckmin, ainda possíveis candidatos presidenciais tucanos.

- O mensalão (caixa dois), não é só do PT, e nessas eleições municipais de 2012 o mensalão caixa dois de todos os partidos políticos financiados por empresários corruptores esta correndo solto com milhões de reais, e a mídia venal corrupta que também recebe o seu mensalão (chamado de JABÁ), permanece quieta na sua conveniência corrupta demotucana.  

- Fim do Financiamento Privado (dos empresários corruptores) de Campanha Eleitoral. Só vou acreditar que mensalão de qualquer partido político não existe mais no Brasil no dia em que ver obra pública municipal, estadual e federal sendo executada a preços populares e sem o maldito superfaturamento habitual. Aí sim, saberei que empresários corruptores que corrompem políticos corruptos e funcionários públicos corruptos não participam mais da gestão pública. Financiamento Público de Campanha Eleitoral já para acabar com a corrupção na política.

- O julgamento do chamado "mensalão do PT" é também político. 
Os fatos infelizmente falam por si e não exigem "provar a prova", como disseram os próprios ministros do STF. Eis as principais provas de ações e decisões políticas que permeiam a conclusão da Ação Penal 470 ou como a mídia demotucana apelidou, mensalão do PT:

a) Desmembramento apenas dos casos dos mensalões do PSDB e do DEM.
b) O "furar a fila", ao julgar primeiro o que aconteceu depois.
c) Marcar o julgamento para coincidir com o calendário eleitoral municipal, desgastando o PT e poupando o PSDB e DEM.
d) A mudança de postura jurídica, com o abandono das garantias constitucionais clássicas, para condenação baseada em indícios, sem provas robustas. O Supremo não é confiável.


Os 10 mais bizarros anúncios antigos de cerveja.

Malzbier - 1925

"De qualquer maneira, você não queimou a Schlitz"
Schlitz - 1952

Bull - Bock - Brahma - 1929


Malzbier Braham - 1967

Malzbier Brahma - 1967


Guinness Cabeça de Porco - 1929

"Benéfico para jovens e idosos,
-Saúde Vovô!
Cultive o hábito de Rainier Beer
Traz o brilho da saúde e dá um novo suspiro à vida
Nenhum medicamento pode se igualar a ele como tônico.
Rainier Beer - 1905

Antártica - 1910

Brahma Chopp - 1968

A cerveja é nutritiva.
Este (esquerda) é quando bebe,
Este (direita) é quando não bebe.
Marca desconhecida.

Saudades da ditadura!

Essa é uma conversa que já tive muito com pessoas do meu círculo de amizade.

Você ainda tem um avô, ou avó que viveu a época da ditadura?
Sente para conversar livre de preconceitos chulos. Pergunte como era a saúde, a educação, a segurança pública....

Trocaria a minha liberdade de expressão por uma maior qualidade de vida e preocupação dos governantes com o bem comum.



5 sintomas do viciado em Facebook.


5 sintomas de um viciado em Facebook:

1º Você perde muito do seu tempo pensando em coisas para colocar no Face (tipo ficar tirando mil fotos só para por em seu perfil). Eu sei que você faz isso…

2º Você está sempre querendo ficar online , mesmo quando está fazendo outras coisas (como na aula ou quando está com os amigos).

3º Quando está com problemas ou chateado usa o Facebook para esquecer e distrair-se.

4º Você já pensou ou tentou diminuir o uso dessa rede social, mas não conseguiu.

5º Em lugares onde o uso do Facebook é proibido, você fica inquieto, querendo se conectar todo o tempo.

Porque é muito bom ser homem!

SABE PORQUE OS HOMENS RARAMENTE ESTÃO DEPRIMIDOS. . .???

Não engravidam...
Não menstruam...
Não gastam dinheiro com salão de beleza... 
Os mecânicos não mentem pra eles...
Nunca precisam procurar outro posto de gasolina para achar um banheiro limpo...
 
Rugas são traços de caráter...
Barriga é prosperidade...
Cabelos brancos são charme...
Ninguém fica encarando os peitos deles quando estão falando...
Os sapatos não lhes machucam os pés...
As conversas ao telefone duram apenas 30 segundos...
Para férias de 5 dias, apenas precisam de uma mochila...
Se outro aparecer na mesma festa usando uma roupa igual, não há problema, aliás, vira até amigo por se identificarem por ter o mesmo gosto.
Cera quente não chega nem perto.
 
Ficam assistindo a TV com um amigo, em total silêncio, por muitas horas, sem ter que pensar:  "Deve estar cansado de mim."
Se alguém se esquece de convidá-los para alguma festa, ainda assim vai continuar sendo seu amigo.
Sua roupa íntima custa no máximo 20 reais (em pacote de 3).
Três pares de sapatos são mais que suficientes! (verdade)
São incapazes de perceber que a roupa está amassada.
Seu corte de cabelo pode durar anos, aliás, décadas.
Uma dúzia de cervejas e um bom filme na televisão são o suficiente para extrema felicidade.
Os shoppings não fazem falta nenhuma para eles.
Podem deixar crescer o bigode.
Se um amigo chamá-lo de gordo, careca, bicha velha etc, não abala em nada a amizade (aliás, é prova de grande amizade).
 
Podem comprar os presentes de Natal para 25 pessoas, no dia 24 de dezembro em, no máximo, 25 minutos!!!


Que maravilha é ser homem . . .! ! !

Ainda tem pitaco!

Sei que é muita cara de pau aparecer três meses depois e simplesmente pedir desculpas por sumir do blog mais pitoresco e pitaqueiro da nação tupiniquim, mas o combustível inspirativo do Pitaco Público é a criatividade do dia a dia que me apetece.

Três meses que minha criatividade estava direcionada para coisas não tão prioritárias, mas que consumiram demais para colocar algo de qualidade em nosso blog.

Por isso, volto, e tentarei manter o blog atualizado.

Vamos que vamos.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

A Obsessão pelo melhor!


Por Leila Ferreira, jornalista mineira com mestrado em Letras e doutora em comunicação em Londres, que optou por viver uma vida mais simples, em Belo Horizonte.

Estamos obcecados com "o melhor".
Não sei quando foi que começou essa mania, mas hoje só queremos saber do "melhor".
Tem que ser o melhor computador, o melhor carro, o melhor emprego, a melhor dieta, a melhor operadora de celular, o melhor tênis, o melhor vinho.
Bom não basta.
O ideal é ter o top de linha, aquele que deixam os outros pra trás e que nos distingue, nos faz sentir importantes, porque, afinal, estamos com "o melhor".
Isso até que outro "melhor" apareça e é uma questão de dias ou de horas até isso acontecer.
Novas marcas surgem a todo instante.
Novas possibilidades também. E o que era melhor, de repente, nos parece superado, modesto, aquém do que podemos ter.
O que acontece, quando só queremos o melhor, é que passamos a viver inquietos, numa espécie de insatisfação permanente, num eterno desassossego.
Não desfrutamos do que temos ou conquistamos, porque estamos de olho no que falta conquistar ou ter.
Cada comercial na TV nos convence de que merecemos ter mais do que temos.
Cada artigo que lemos nos faz imaginar que os outros (ah, os outros…) estão vivendo melhor, comprando melhor, amando melhor, ganhando melhores salários.
Aí a gente não relaxa, porque tem que correr atrás, de preferência com o melhor tênis.
Não que a gente deva se acomodar ou se contentar sempre com menos. Mas o menos, às vezes, é mais do que suficiente.
Se não dirijo a 140, preciso realmente de um carro com tanta potência?
Se gosto do que faço no meu trabalho, tenho que subir na empresa e assumir o cargo de chefia que vai me matar de estresse porque é o melhor cargo da empresa?
E aquela TV de não sei quantas polegadas que acabou com o espaço do meu quarto?
O restaurante onde sinto saudades da comida de casa e vou porque tem o "melhor chef"?
Aquele xampu que usei durante anos tem que ser aposentado porque agora existe um melhor e dez vezes mais caro?
O cabeleireiro do meu bairro tem mesmo que ser trocado pelo "melhor cabeleireiro"?
Tenho pensado no quanto essa busca permanente do melhor tem nos deixados ansiosos e nos impedido de desfrutar o "bom" que já temos. 
A casa que é pequena, mas nos acolhe.
O emprego que não paga tão bem, mas nos enche de alegria.
A TV que está velha, mas nunca deu defeito.
O homem que tem defeitos (como nós), mas nos faz mais felizes do que os homens "perfeitos".
As férias que não vão ser na Europa, porque o dinheiro não deu, mas vai me dar à chance de estar perto de quem amo…
O rosto que já não é jovem, mas carrega as marcas das histórias que me constituem.
O corpo que já não é mais jovem, mas está vivo e sente prazer.
Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso?
Ou será que isso já é o melhor e na busca do "melhor" a gente nem percebeu?

sábado, 15 de setembro de 2012

Mistura musical - Choro com Funk!


Essa é para amar ou odiar. Sei que a maioria vai torcer o nariz, pois o mundo vive mais de estereótipo do que de argumentação, mas vale a divulgação.

Pessoal do grupo do Sérgio Krakowski arrebentando na mistura de Choro com Funk e belos improvisos.

Pandeiro - Sérgio Krakowski
DJ - Bruno Queiroz
Clarone - Joana Queiroz
Sax - Yuri Villar
Flauta - Dudu Oliveira
Bandolim - Henry Lentino

Arranjo livre baseado no Choro Carioquinha de Waldir de Azevedo
Arranjo: Sergio Krakowski
Assistência de arranjo e idéias preciosas: Armando Lôbo

Câmeras: Fernando Silva e Eduardo Chamon
Gravação de áudio: Fernando Silva e Sérgio Krakowski
Direção, edição, mixagem e finalização: Fernando Silva / uma produção Saci Estúdio.

domingo, 2 de setembro de 2012

Cães em Moscou

O cão aguarda na plataforma 

Cães vadios são comuns andando de metro entre o subúrbio e o centro da cidade. Esses cães pegam o metro de manhã, em direção ao centro da cidade onde eles tem maiores chances de conseguir comida e, ao anoitecer, eles pegam o metro de volta para os subúrbios onde dormem. Especialistas que estudam esses animais descobriram que eles, inclusive, trabalham juntos para garantir descerem na estação desejada. Eles aprendem a calcular o tempo que leva a viagem. Eles preferem entrar nos vagões de começo ou do fim do comboio por serem mais silenciosos e menos cheios.


Cientistas acreditam que o fenômeno começou com a queda da União Soviética e os complexos industriais mudaram do centro para os subúrbios. Dr. Andrei Poiarkov, do Instituto de Ecologia e Evolução de Moscou disse que que os cães vadios usavam os complexos industriais como abrigo e portanto tiveram que se mudar junto com suas casas. Mas o centro da cidade é o melhor lugar para conseguir comida e então eles aprenderem a pegar o metro de manhã e voltar para "casa" à noite. Igual a qualquer trabalhador. 

Alguns ainda tiram um cochilo durante a viagem.

Dr. Poiarkov ainda descobriu que os cães também se divertem pulando dentro dos vagões segundos antes das portas serem fechadas, correndo risco de terem suas caudas presas na porta.

Um cão cansado tira um cochilo dentro do metro

Os cães aprenderam também a usar as luzes de tráfego para poderem atravessar as ruas sem correr riscos. 
Uma vez no centro da cidade estes cães desenvolveram uma tática para fazer com que os humanos dêem comida e de maneira mais rápida. Eles se posicionam atrás da pessoa que está comendo e em dado momento emitem um latido forte. Com o susto a pessoa deixa cair a comida no chão... (ACREDITE SE QUISER!!!!) 

Com as crianças, os cães brincam, pulam, sentam e lançam olhares suplicantes e conseguem com isso dividir o lanche com elas. Dr. Poiarkov confirma que os cães são excelentes psicólogos e sabem usar disso. Os cães vadios de Moscou não são os primeiros a usar os transportes públicos. Em 2006, um Jack Russell Terrier, em Dunnington começou a usar o ônibus para ir ao pub local atrás de salsichas. E há dois anos atrás passageiros em Wolverhampton viram abismados um gato, chamado Macavity (como o do poema de Elliot), começar a pegar o ônibus e descer na porta de um determinado pub em busca de "fish and chips" (peixe com batatas).

Dicas de segurança


PARA QUEM DIRIGE SOZINHA POR AÍ.......
Conselhos de uma DELEGADA Mande para as mulheres para que se cuidem e para os homens, para que repassem para as suas mulheres, namoradas, irmãs, amigas, etc...


Conselhos dirigidos às mulheres, mas válidos aos homens também! 
Atenção nunca é demais! 
Devemos estar sempre atentas! 
A mulher que elaborou o conteúdo deste e-mail é Diretora de uma Empresa 
de Segurança no RJ e foi aconselhada por uma delegada após registrar um 
Boletim de Ocorrência.

1. Sequestro Relâmpago: Se um dia você for jogada dentro do porta-malas de um carro.
ENGULA O PÂNICO E RESPIRE FUNDO, CALMA E FRIEZA:

1.1) Chute os faróis traseiros até que eles saiam para fora, estique seu braço pelos buracos.
1.2) GESTICULE feito doida. O motorista não verá você, mas todo mundo verá. Isto já salvou muitas vidas.

2. Os três motivos pelos quais as mulheres são alvos fáceis para atos de violência são:

2.1) Falta de atenção:Você TEM que estar consciente de onde você está e do que está acontecendo em volta de você. 
2.2) Linguagem do corpo: Mantenha sua cabeça erguida, e permaneça em posição ereta, jamais tenha uma postura "frágil". 
2.3) Lugar errado, hora errada: NÃO ande sozinha em ruas estreitas, nem dirija em bairros mal-afamados à noite.

3) NUNCA FAÇA ISSO!

3.1) NÃO FAÇA ISSO! As mulheres têm a tendência de entrar em seus carros depois de fazerem compras, refeições, e sentarem-se no carro (fazendo anotações em seus talões de cheques, ou escrevendo em alguma lista, ou ainda conferindo o ticket de compra). 

3.2) O bandido SEMPRE estará observando você:Essa é a oportunidade perfeita para ele entrar pelo lado do passageiro, colocar uma arma na sua cabeça, e dizer a você onde ir. 

3.3) No momento em que você entrar em seu carro:trave as portas e vá embora, não fique ajeitando o cabelo, ou passando batom...

4) Algumas dicas acerca de entrar em seu carro num estacionamento ou numa garagem de estacionamento:

4.1) Esteja consciente: olhe ao redor, olhe dentro de seu carro, olhe no chão 
dianteiro e traseiro de seu carro, olhe no chão do lado do passageiro, 
e no banco de trás. 

4.2)Se ao lado da porta do motorista do seu carro, estiver estacionada uma Van Grande: entre em seu carro pela porta do passageiro. 

IMPORTANTE: A maioria dos assassinos que matam em seqüência atacam suas vítimas empurrando-as ou puxando-as para dentro de suas Vans, na hora em que as mulheres estão tentando entrar em seus carros.

5) NUNCA deixe para procurar as chaves do seu carro, quando estiver parada em frente a porta dele.

5.1) Dirija-se ao veículo com a chave em punho, pronta para abrir a porta e dar a partida. Observe os carros ao lado do seu. 

5.2) Se uma pessoa do sexo masculino estiver sentado sozinho no assento do carona do carro dele que FICA mais próximo do seu carro, você fará bem em voltar para o shopping, ou para o local de trabalho, e pedir a um segurança ou policial para acompanhar você até seu carro.

6) É SEMPRE MELHOR ESTAR A SALVO DO QUE ESTAR ARREPENDIDO, não tenha vergonha 
de pedir ajuda.

Use SEMPRE o elevador ao invés das escadas. (Escadarias são lugares horríveis para se estar só, são lugares perfeitos para um crime).

7) PARE COM ISSO!
As mulheres, estão sempre procurando ser prestativas. Não use o celular a toa.

7.1) Essa característica poderá resultar em que você seja assassinada! 
Um assassino seqüencial, homem de boa aparência, com boa formação acadêmica, declarou em seu depoimento que SEMPRE explorava a simpatia e o espírito condescendente das mulheres. Ele andava com uma bengala ou mancava, e conseqüentemente pedia 'ajuda', para entrar ou sair de seu carro, e era nesse momento que ele raptava sua próxima vítima. 

7.2) Durante o dia, ande de óculos escuros: O agressor nunca saberá para onde você esta olhando. 

7.3) Celular: só em lugar seguro.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Homem comum se passa por celebridade!


Um cara perfeitamente comum resolveu contratar um punhado de fãs, uns seguranças e até mesmo paparazzi para se fazer passar por celebridade em Nova York (EUA). 

A aventura de Brett Cohen começou na saída dos estúdios da NBC. Acompanhado dos seguranças e do séquito de fãs, ele passou a andar por ruas da Big Apple, atraindo bastante atenção. 





Deu certo! O impostor chegou a posar para mais de 300 fotos com pessoas (que não estava contratadas) que o pararam durante a agitada caminhada.

Algumas pessoas pensaram que Brett fosse estrela da série de filmes do "Homem-Aranha". Outros chegaram até a afirmar se tratar de um pop star e já ter ouvido músicas dele.

"Nos dias de hoje parece que todo mundo pode chegar à fama. Por que não eu? Mudei meu visual para parecer uma típica celebridade", disse Brett, em reportagem do "Sun".




Vi a matéria no Globo.

sábado, 18 de agosto de 2012

Inveja é uma merda!


Inveja e se não me engano, bisbilhotar o vizinho também não é algo honroso...rs

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Empreguetes da vida real!



Se eu fosse milionário pagava para esse vídeo ser exibido na globo entre a novela homônima e o Jornal Nacional.

Vendo cachorro cubano!


Moto que não cai!


Seria a salvação deste que vos fala. Hoje não estaria recém operado e fazendo fisioterapia.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Atualização de curriculum!


Currículum atualizado!!!


Você acha que não te contratam em uma Grande empresa porque o seu currículum é muito 'fraquinho'? 
É muito simples, basta fazer algumas substituições no Nome da profissão! 
A seguir, algumas dicas para você dar um reforço em seu curriculum: 

* Oficial Coordenador de Movimentação Interna (porteiro) 

* Oficial Coordenador de Movimentação Noturna (vigia) 

* Distribuidor de Recursos Humanos (motorista de ônibus) 

* Distribuidor de Recursos Humanos VIP (motorista de táxi) 

* Distribuidor Interno de Recursos Humanos (Ascensorista) 

* Diretora de Fluxos e Saneamento de Áreas (a tia que limpa o banheiro) 

* Especialista em Logística de Energia Combustível (frentista) 

* Auxiliar de Serviços de Engenharia Civil (Pedreiro) 

* Segundo Auxiliar de Serviços de Engenharia Civil (Servente, o chamado peão de obra!) 

* Especialista em Logística de Documentos (office-boy) 

* Especialista Avançado em Logística de Documentos (motoboy) - 

* Consultor de Assuntos Gerais e Não Específicos (vidente) - esse é melhor !

* Técnico de Marketing Direcionado (distribuidor de santinho nas esquinas) - que idéia genial!!!

* Especialista em Logística de Alimentos (garçom) 

* Coordenador de Fluxo de Artigos Esportivos (gandula) 

* Distribuidor de Produtos Alternativos e Alta Rotatividade (camelô) - não é perfeito??? 

* Técnico Saneador de Vias Publicas (gari) 

* Especialista em Entretenimento Masculino (prostituta) 

* Especialista em Entretenimento Masculino Sênior (prostituta de luxo) 

* Dublê de Especialista em Entretenimento Masculino (travesti) - esse é bárbaro!!!

* Supervisor dos Serviços de Entretenimento Masculino (cafetão) 

* Técnico em Redistribuição de Renda(ladrão)

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Ela na garagem!


Vale a pena ver até o final. Quando você acha que ela já fez barbeiragem suficiente, tem mais! Um bônus!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Não só de mazelas vive o Brasil




Escritora holandesa, falando sobre o Brasil. Texto bárbaro.

"Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada au
tomatizado. Só existe uma companhia telefônica e pasmem: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de ‘Como conquistar o Cliente’.

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos...

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa. Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc… Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:
1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.
9. Telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas..
10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.
11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?
2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
3. Que suas AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE ganham os melhores e maiores prêmios mundiais? :)
4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?
6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem? Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando.

É! O Brasil é um país abençoado de fato. Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos. Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques. Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente. Bendita seja, querida pátria chamada BRASIL!"

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Um futebol mais interessante!



Imaginem se a idéia pega e as emissoras passam a embutir efeitos especiais nas comemorações de gol?

Atrairia até mesmo o público que não curte o esporte, e definitivamente, jogar bola viraria coisa de Nerd!...rs

A maioria nem sempre merece ser salva!


Você é bom em tomar decisões?

Um grupo de crianças brinca próximo a duas vias férreas, uma das vias ainda está em uso e a outra está desativada. 
Apenas uma criança brinca na via desativada, as outras na via em operação. O trem está vindo e você está exatamente sobre aquele aparelho que pode mudar o trem de uma linha para outra. Você pode fazer o trem mudar seu curso para a pista desativada e salvar a vida da maioria das crianças. 
Entretanto, isto significa que a solitária criança que brinca na via desativada será sacrificada.
Você deixaria o trem seguir seu caminho?

VOCÊ TEM QUE TOMAR UMA DECISÃO! O TREM NÃO PARARÁ ESPERANDO POR VOCÊ!

A maioria das pessoas escolherão desviar o trem e sacrificar só uma criança. Você pode ter pensado da mesma forma, eu acho. Exatamente, salvar a vida da maioria das crianças à custa de uma só criança é a decisão mais racional que a maioria das pessoas tomariam, moralmente e emotivamente. 

Mas, você pensou que a criança que escolheu brincar na via desativada foi a única que tomou a decisão correta de brincar num lugar seguro?

Não obstante, ela tem que ser sacrificada por causa de seus amigos ignorantes que escolheram brincar onde estava o perigo. Este tipo de dilema acontece ao nosso redor todos os dias.  No escritório, na comunidade, na política... 

E especialmente numa sociedade democrática, a minoria freqüentemente é sacrificada pelo interesse da maioria, não importa quão tola ou ignorante a maioria seja e nem a visão de futuro e o conhecimento da minoria.

Além do mais, se a via tinha sido desativa, provavelmente não era segura. Se você desviou o trem para a outra via, colocou em risco a vida de todos os passageiros. E em sua tentativa de salvar algumas crianças sacrificando apenas uma, você pode acabar sacrificando centenas de pessoas.

Se estamos com nossas vidas cheias de fortes decisões que precisam ser tomadas, nós não podemos esquecer que decisões apressadas nem sempre levam ao lugar certo.


Lembre-se de que o que é correto nem sempre é popular  .  .  .

E o que é popular nem sempre é correto.

E que todo o mundo comete erros, foi por isso que inventaram a borracha e o apagador

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Loira no bar devassa!


Uma Loira fazendo um estrago no bar. Você não pode perder!

terça-feira, 24 de julho de 2012

Essa vaga não é sua!


Muitos imbecis tomam vagas que não lhe pertencem sempre com o pretexto porco do "É só um minutinho". E se acontecesse o contrário? 
Vale a pena assistir essa belíssima ação da TheGetz de Curitiba e sou á favor desse manifesto rodar o país e surpreender / conscientizar o motorista.. 
Quem quiser mais informações sobre essa iniciativa e outras ações criativas, clique aqui

quarta-feira, 18 de julho de 2012

ACABOU A DESCULPA!

Realmente tive que colocar o título desse post em caixa alta. Poucas vezes tive o privilégio de anunciar o que vou anunciar aqui, e minha tristeza reside apenas no fato de que não devia ser um blog como o Pitaco a divulgar isso, mas sim rede nacional, no horário político obrigatório, além de estampar todas as manchetes de todos os jornais e ser um dos "topic trends" mais comentados da rede na semana.

Até pode aparecer um vermelho aqui dizendo que já conhecia e há muito tempo, blá blá blá, mas é fato que esse site não tem a fama que deveria ter.

Recebi por e-mail o endereço do "Transparência Brasil - Parlamentares em exercício no país".

O site (muito bem desenvolvido por sinal) dá literalmente um raio X do parlamentar que está cumprindo mandato na atualidade.

Confesso que fiz o teste apenas com uns três parlamentares que lembrei de nome no momento (dois famosos e um relativamente desconhecido), e fiquei tão empolgado com a clareza das informações que corri aqui para fazer esse post.

Além disso ele fornece informações sobre as câmaras municipais, assembleias legislativas entre outros órgãos. Sinceramente É MUITA COISA pra se descobrir em pouco tempo. Pra quem tem patriotismo e consciência política suficiente para gastar seu tempo num site desses, é diversão para horas.

Mas a coqueluche mesmo está na ficha completa do político. Fala das notícias relacionadas, tempo de exercício, cargos exercidos, projetos, votações em que participou, e até (pasmem) bens declarados na receita federal!!! Realmente Impressionante. Diz se está respondendo a processos, assiduidade, e até mesmo detalha as doações declaradas recebidas para campanhas.

Como um teste para ver como a coisa funciona, comecem lendo o raio X de um tal de Paulo Salim Maluf. Desafio-os a ler por inteiro a vida política desse personagem....rs

Mas estimo muito meus leitores do pitaco, e sei que senão todos, ao menos a maioria, vai fazer como eu fiz e colocar esse site na sua barra de favoritos. Vai esperar a eleição chegar, verificar as opções de votos (senão todas, ao menos as principais) e vai puxar cada ficha de cada candidato e se municiar de informações antes de tomar sua decisão.

Para a galera vermelha que prega incessantemente o voto nulo e/ou branco para anular eleições, provocar novos pleitos e novos candidatos, posso até abraçar sua causa, mas agora tenho como ter informações e base para saber se o político realmente está ou não apto a ser candidato.

Para acessar o site, clique aqui. Ou copie e cole o seguinte endereço no seu navegador:

Gostaria de agradecer ao meu pai pela dica e pelo e-mail, e conclamá-lo a usar também exaustivamente essa ferramenta, e que não seja só mais uma corrente que ele recebe e repassa.
(Quando chegar aí na sua casa quero ver se esse site está na sua barra de favoritos).

Também vale a pena pedir para que o máximo de pessoas possíveis compartilhem esse site.
A intenção não é promover o Pitaco, arrumar acessos ou coisas do gênero, então nem precisa necessáriamente compartilhar esse post. Copie o endereço do "Transparência Brasil" e colem no mural do seu facebook, no Twitter, voltem ao Orkut, façam de tudo para isso chegar ao máximo de pessoas possível.


AGORA VOTAR COM CONSCIÊNCIA NÃO É SÓ UMA EXPRESSÃO BONITA.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Vida de Deputete.




"Assino o meu ponto só pra disfarçar, ... nunca fui de trabalhar".

Perfeito em todos os sentidos. Letra, performance e principalmente o quesito veridicidade.

Se você gostou compartilha. Vamos fazer isso ir pra televisão.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Solução sustentável e criativa!

Tanta preocupação em combater sacolinha de supermercado e uma idéia dessa não é divulgada e incentivada.

Uma das mais criativas que já coloquei aqui no Pitaco.


quarta-feira, 4 de julho de 2012

Curso de Marketing Digital


Anúncio pago de rede social vale a pena? Google AdSense é literalmente latim para você? Seu blog tem um conteúdo muito bom e você não sabe porque ele não aumenta a quantidade de acessos? Você teve uma idéia revolucionária no mundo da internet e não sabe como colocar em prática?

Essa é a oportunidade que você estava esperando...

Chegou ao meu conhecimento um curso muito bom que vai acontecer na Unicarioca agora em Julho.
Trata-se de um curso de Marketing Digital. O objetivo do curso é dar uma visão ampla sobre criação na web, redes sociais, gestão de links patrocinados, métricas e gerenciamento de projetos.

Com disciplinas totalmente integradas, o aluno entenderá todos os passos para a gestão de uma marca na internet, bem como as atividades operacionais mínimas para se alcançar resultados. Tudo isso sem enrolação e com aulas práticas em todos os módulos.

E essa aula vai ser Ministrada por um grande amigo meu, o Thiago Muniz. O cara tem muita bagagem nesse assunto e hoje ele é dono de uma empresa de marketing cultural e é um fomentador de boas idéias.

É uma recomendação pessoal, não tem como se decepcionar.
Se vocês querem mais informações podem clicar aqui e ter mais informações. Ou liguem direto para (21) 2563-1919.




domingo, 1 de julho de 2012

Concurso "Seja blogueiro do seu time" do Globo Esporte


Vou aproveitar o Pitaco para divulgar 4 crônicas que escrevi para participar do concurso "Seja Blogueiro do seu time" promovido pelo Globo Esporte na sua página no Portal Globo.com.

São 4 temas: "Momento na história do seu time que te marcou"; "Uma vitória do seu time"; "Uma derrota do seu time" e "Próximo jogo".
Sei que a proposta do Pitaco não é futebol, mas não posto isso pelo futebol. Faço por dois motivos:


1. Resguardar os direitos das minhas crônicas. Uma vez aqui postado, fica datado e documentado a minha autoria;
2. Pegar opiniões sobre meus textos, até mesmo para obter um feedback de quais chances posso ter no concurso....rs


Bom, não vou divulgar esse post, fica aqui para quem já lê o Pitaco com regularidade:

MOMENTO MARCANTE
Crônica referente a Momento Marcante como torcedor do Botafogo.

Saudações aos predadores alfa do futebol carioca.

Me foi pedido para falar de um momento em que o Botafogo me marcou, mas isso é chover no molhado. As coisas que só acontecem ao Botafogo vivem acontecendo ao Botafogo. 

É de conhecimento geral os altos e baixos que acompanham a saga da estrela solitária. Logo quem torce para o fogão, tem resistência cardíaca até para receber a notícia que vai ser pai de quadrigêmeos com contracheque de salário mínimo no final do mês.

Mas apesar do meu discurso sugerir que eu fugiria do clichê, não posso deixar de dizer que o que funcionou mesmo como grande divisor de águas na minha vida futebolística foi o campeonato Brasileiro de 95. 

Com 15 anos de idade eu respirava uma época de grandes decisões e cada uma delas iria compor o adulto que me tornaria até o fim dos meus dias. Dentre namoricos, pensamentos profissionais e demais escolhas difíceis, partilhava o amor ao futebol Botafoguense herdado de meu pai. E tal como lições importantes de caráter e honestidade, ele me ensinou que torcer para o botafogo era uma questão de caráter. 

Mas foi acompanhar aquele elenco imbatível daquele Brasileirão que marcou a minha vida. Túlio Maravilha virando ídolo com sua irreverência e sua capacidade quase que sobrenatural de fazer gols. Gonçalves na zaga era tanta apelação, que não dava jogo nem se o time adversário escalasse 11 atacantes em campo. O que era Sergio Manoel? Alguém viu surgir outro Sérgio Manoel na história do futebol? Ainda estou esperando. E o ápice não podia chegar sem polêmica. Um gol desacreditado (até hoje inclusive) que fez nosso co-irmão praiano recuperar a alegria só com muito tempo e Neymar depois. Botafogo, campeão Brasileiro de 1995!

A coisa ultrapassou o limite de simplesmente vestir a camisa em dia de jogo e responder a pergunta “qual o seu time”. O título de 95 tirou a henna do meu corpo e se consolidou numa tatuagem alvinegra definitiva na minha alma.

De lá pra cá descobri que para freqüentar os jogos do Fogão deveria ser permitido somente com eco cardiograma em dia, pois torcer para o Botafogo não é para qualquer um. Aqui não tem espaço pra maquiagem e salto alto; ficar em segundo lugar não é uma opção, e preferimos mil vezes qualidade do que quantidade. Pra quem não concorda com isso, sobra outras opções de time (principalmente no Rio) pra torcer. 

O Brasileirão de 95 me transformou num botafoguense  seletivo e exigente, além de me ensinar que fazer parte da maioria não é sinônimo de fechar com o certo. A política brasileira está aí pra provar isso. A cadeia alimentar é dominada por uma minoria predadora. Só é preciso um carnívoro para uma manada de gazela. Ser botafoguense, é ser alfa.


DERROTA PARA A PONTE PRETA
Crônica referente ao jogo Botafogo X Ponte Preta dia 24/06

Depois de uma semana marcada pela chuva, o sol veio ao Rio de Janeiro pronto para vibrar com mais uma vitória Botafoguense no Engenhão contra a franquia do Vasco da Gama de SP. Mas juntamente com a torcida, se decepcionou.
Dentro da casa dos 20 minutos do 1º tempo, o time do uniforme riscado saiu na frente com um gol que parece aqueles de pelada. No mais puro estilo sem camisa versus com camisa, uma jogada envolvente e triangulada deixou o atacante deles cara a cara com o Jeferson onde bastou um drible seco para escancarar as traves e empurrar a bola pras redes. Facinho facinho, gol da Ponte Preta e  nervosismo para o Botafogo.

Abraçado a esse nervosismo desnecessário, o Botafogo marcava presença constante na área adversária. Como cão brabo atrás do portão, assustava mas não representava nenhum perigo. Só que aí quando parecia que o bolo ia solar mesmo, numa trama bem trabalhada e um passe de gênio, Andrezinho colocou Marcio Azevedo na reta do empreendimento, pronto pro crime até ser calçado e cair dentro da área. Aí não pode. Penalti para o Botafogo.

Tenho certeza que o compasso cardíaco de cada botafoguense diminuiu naquele momento e todos faziam a mesma pergunta: Será que o Loco vai bater?
Mas Andrezinho, como um cardiologista que pensa no bem do torcedor alvinegro, botou a bola na marca e se posicionou. Depois de suspirar, o torcedor alvinegro viu o óbvio: Bola na rede, gol Botafoguense e partimos pro intervalo sem prejuízo.

A poção de vira vira do Oswaldo não deu certo dessa vez. Bem que gostaríamos de ficar acostumados a ser o time guerreiro, o time da virada, mas não fomos agraciados dessa vez. Com menos de 10 minutos do segundo tempo, mais uma vez o time pequeno fez um golaço de time grande. Num passe cirúrgico (nas costas da defesa) e um chute na veia do pé sem chance para o Jeferson, a Ponte Preta assumiu a frente e assim permaneceu até o apito do juiz.

Abreu ainda deu lugar ao Elkerson que nada fez. Sinceramente, como preparar um cara para uma posição nova se ele mal sabe cumprir sua função de origem. Viu-se o mesmo Botafogo nervoso e impotente que estava atrás do placar no primeiro tempo.

Chamei a Ponte Preta de time pequeno e aí vai minha justificativa: O que torna um time pequeno não é seu futebol, mas sim seu comportamento. A ponte preta mostrou que apesar de fazer dois gols de gente grande, é e vai continuar sendo um time pequeno. Isso porque nas duas vezes que esteve a frente do placar, não perdiam a oportunidade de fazer cera, fingir contusões, forçar entrada de equipe médica e dar passos de tartaruga na hora de sair de campo nas substituições. Como um time grande segura o resultado? Valorizando a posse de bola no ataque e/ou na defesa. Isso sim é estratégia, comportamento e pensamento de time grande.

Teremos agora uma lacuna de 12 dias sem um jogo, tempo mais que suficiente para recuperar os lesionados e trazer reforços urgentes. Ainda há tempo, ainda é início de brasileiro e o Botafogo ainda pode ser campeão brasileiro. Não posso dizer o mesmo de alguns jogadores desse elenco.


VITÓRIA SOBRE O INTERNACIONAL
Crônica referente ao jogo Internacional X Botafogo dia 16/06

Como todo mundo sabe, quem tem Jeferson, já tem seleção suficiente pra dois times. O problema é que pra um clube que até uma gandula sabe o poder de bater um lateral rápido, não pode sofrer o gol que o Botafogo sofreu aos 30 minutos do primeiro tempo. Fellype Gabriel fez falta e enquanto debatia com o juiz (por falar nisso, nunca vi juiz voltar atrás depois de ouvir argumento de jogador), o argentino deles deu uma de malandro carioca e bateu a falta com velocidade, dando tempo do Oscar encontrar a defesa batendo cabeça e fazer um gol estilo Pinball. Cabeça do Leandro Damião, cabeça do Dagoberto, gol.

Mas o intervalo veio e Oswaldo deu sua poção do vira vira para a galera.

No segundo tempo o Botafogo começou com Vitor Júnior, azucrinando a cabeça da macacada. De tanto insistir, ele azeitou uma bola para Andrezinho, que mesmo marcado por quatro não se intimidou ante seu antigo clube e marcou seu primeiro gol alvinegro.

O primeiro gol pelo Botafogo demorou, e deixou o meia com uma fome de bola, e sua antiga casa foi a vítima escolhida. No lance do segundo gol, até a bandeirinha de escanteio tremia na base e tentava impedir o boleiro de bater o escanteio. Após resolver essa pendenga no córner, o melhor jogador da partida mandou na área uma bola venenosa e envenenada, certinho na passada de Fellype Gabriel, que se redimiu da mosca que comeu no primeiro gol colorado e desviou a bola para as redes. Nem três goleiros embaixo do travessão teriam condições de salvar o golaço. 2 X 1 Botafogo.

Imunes ao frio do sul graças ao Fogo no nosso peito, voltamos pra casa com 3 pontinhos na gaveta. Próxima semana seremos visitados pelo time do uniforme quase vascaíno, intitulado de Ponte Preta. Pra cima deles Fogão!



PRÓXIMO JOGO
Crônica que pretende preceder o jogo entre Botafogo e Ponte Preta dia 24 de junho.

Nesse próximo domingo vista sua segunda pele alvinegra e dirija-se ao Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão. Os predadores alfa do futebol carioca entrarão em campo para mais um massacre de cores. Depois de mastigar os colorados, agora chegou a vez de uma Ponte Preta.

Com Herrera e Maicosuel dando adeus pela porta da frente, vamos fechar a porta dos fundos e dar mais uma chance ao Sebastian Abreu. Ele pode ser loco, mas não é burro. Vai aproveitar esse retorno para passar uma borracha nas especulações da semana e carimbar logo uns três gols pra pedir Rebolation no fantástico e fazer de conta que chegou ao clube essa semana.Começar do zero.

Mas diferente da época de sua chegada, dessa vez ele conta com Andrézinho. O meia em excelente fase fez seu primeiro gol no jogo anterior e que isso seja uma porteira aberta para muitos mais.

Também poderemos contar com Renato e sua qualidade quase que abusiva, organizando a meiuca defensiva. Também está confirmado nosso goleiro membro da realeza. Falo isso porque antes do nome dele vem aquele milhar de títulos, igual os duques e condes de antigamente:
"Paredão, goleiro da seleção, homem de gelo, craque e freddie krueguer dos atacantes... (meia hora depois)... Jefferson"

As 18:30 te espero lá, rosnando e cantando, mostrando aos irmãos paulistas quem está no topo da cadeia alimentar e em breve da tabela do brasileirão.